quinta-feira, abril 24, 2008



DESCUBRA AS DIFERENÇAS...


ENTRE JONAS E PINÓQUIO




Jonas






Pinóquio



Aproxima-se um fim de semana prolongado e já imaginamos a debandada...


Como não nos apetece celebrar a benigna "Abrilada", zangados que estamos com a paródia nacional, optámos por aproveitar a ocasião para, simpaticamente, e apesar do *asterisco*, vos proporcionar a nossa versão do vulgar passa-tempo: "descubra as diferenças".


Só que desta vez não se pretende que assinaleis as diferenças dos desenhos... mas das personagens que neles figuram.


Em alternativa, podeis apontar as semelhanças, quem sabe relacionadas com a moral das histórias.


Sem outro assunto de momento, despedimo-nos com amizade e com votos de muita chuva (brincamos...)!



E se estiverdes com vontade de antiguidades, já sabeis:




40 Comments:

Blogger pinky said...

crescem crescem crescem? hihihihi
deixa lá que eu da abrilada nem o feriado aproveito! encerrada como o sr capitão!

24/4/08 1:33 da manhã  
Blogger velha gaiteira said...

diferença entre o jonas e o pinóquio, é fácil!

Meu amigo já cá tenho muitos anitos em cima e pinóquios nunca foram o meu forte.
O que eu sonharia ter era um borracho musculoso (sempre foi o meu sonho) e não um lingrinhas infantil como o pinoquio.

Quanto ao 25 de abril, lá estarei. eu cá gosto de festarolas, sejam elas quais forem.

beijocas,
caríssimo capitão.

24/4/08 1:54 da manhã  
Blogger Boop' said...

Pronto...
Tu é que pediste!
Como queres que fujamos aquilo "que cresce"????

E o 25... aproveita-o mas é!

24/4/08 10:26 da manhã  
Blogger Haddock said...

...

meninas, olhai os disparates...
jonas era um profeta!!!
ai o sacrilégio...

24/4/08 12:26 da tarde  
Blogger Vince Vice said...

Esta juventude capitão... Não tem background teologico depois é isto... Passe lá pelo estaminé que ja há postas novas... Uma delas com som que é muito moderno!

Abraços camarada! Muito bem haja!

24/4/08 11:03 da tarde  
Blogger Boop' said...

E lá por ser profeta?
Era eunuco?
Olha, olha... onde é que está escrito que profeta tem de fazer voto de celibato????
É certo que não sou perita em lei canónica, mas...

24/4/08 11:17 da tarde  
Blogger Haddock said...

...

boop, mau!! eu lá me meto na vida íntima dos profetas?? ou do pinóquio, que seja??

dou-te duas casas de avanço neste jogo da glória...

"grande peixe"...

24/4/08 11:24 da tarde  
Blogger casa de passe said...

Está tudo de férias!
Nem acreditamos!

Só 7 comentários !!!


LouLou + NiNi

25/4/08 12:40 da manhã  
Blogger Vince Vice said...

Realmente há que admiti-lo... Está tudo a aproveitar o fim-de-semana alargado?

Bem haja Capitão

25/4/08 7:51 da tarde  
Blogger Bandida said...

caríssimo capitão,
as baleias são simpáticas e quando entoam aqueles magníficos sons fazem a música dos grandes, daqueles que sabem que a imaginação é a língua dos poetas.

semelhanças?... o nariz?!... :)

com todo o respeito, meu capitão,

25/4/08 9:10 da tarde  
Blogger intruso said...

hum...
Não me arrisco, demasiadas diferenças... ou talvez não.
Bem, um era de carne e osso... e o outro de pau (e isso é uma grande diferença)
Mas ambos tiveram encontros imediatos marítimos do 3º grau...

Desisto,
volto amanhã com menos sooono.......

:)

abraço

26/4/08 1:22 da manhã  
Blogger Frioleiras said...

A esta hora já o soono me invadiu, demasiado... estou mesmoa cair com as pápebras já meio fechdas...
apenas "apanhei" as diferenças que o Intruso achou...

26/4/08 2:40 da manhã  
Blogger triliti star said...

o pessoal anda todo de fim de semana prolongado, espero que não dentro da baleia.

abraço

26/4/08 12:43 da tarde  
Blogger Lana said...

Krido Haddock e restantes
hoje lembrei-me de vós ... fiz truta salmonada ( a marota andou a brincar com o salmão eheheh) e estava assim como quem diz muito deliciosa acompanhada de um joão pires à maneira um marido delicioso e 3 filhos que adoram petiscos ...
tenho estado longe sim pois a saude dos meus pais não tem estado bem e tudo tem sido dificil de digerir, gerir e acompanhar e, nestes momentos os blogs são sempre os que sofrem.
1 sorriso pouco luminoso mas com vontade e até breve
Lana

26/4/08 5:45 da tarde  
Blogger ELA said...

Este comentário foi removido pelo autor.

26/4/08 7:08 da tarde  
Blogger ELA said...

Semelhanças: o parto sem útero; a morte simbólica e o renascimento, num estádio mais elevado. O peixe reveste-se de vários simbolismos, de que destecaríamos, pelo seu elemento natural e pela capacidade de reprodução, o da fertilidade, bem como do renascimento cíclico. Sabemos, também, que «ichtus» (peixe, em grego)= Iesus Christós, Theou Uios Soter (Jesus Cristo, Filho de Deus Salvador). Cristo chama a si os peixes (os cristãos) e é, ele próprio, O Peixe. Daí o profeta que, através do peixe, se arrepende e salva; daí o Pinóquio que, a partir da passagem pelo peixe, vai animar-se, ganhar alma.
Quanto a diferenças, parece-me, num olhar rápido e superficial, que na história de Pinóquio este se aproxima mais do próprio Cristo, ainda que num registo de novela fictícia e não de mito. Cristo é filho apenas do pai (não é um filho da mãe), que usa uma «barriga de aluguer», a alegadamente Virgem Maria, à qual aparece o Espírito Santo, sob a forma de uma pomba. Na história de Pinóquio também só há um pai; a baleia funciona como «barriga de aluguer» e a fada tem as asas e o poder sobrenatural do Espírito Santo.
Podemos, ainda, ver em ambos os relatos uma projecção do complexo de Jonas, a atracção pelo abismo que conduz a um resgate pela luz.
digo eu...

(apaguei o comentário anterior pois, após a publicação, verifiquei que estava incompleto; além disso, padecia de várias gralhas. Embora saiba que não é pessoa para se ocupar de minudências tais, aproveitei para corrigir as que detectei e acrescentar o que faltava.
Respeitosos cumprimentos

26/4/08 7:26 da tarde  
Blogger casa de passe said...

este fim dde semana, grande demais, roubou-nos os clientes.
dommage!


LouLou + NiNi

26/4/08 8:13 da tarde  
Blogger Haddock said...

boas!!

subindo....


ela, estamos literalmente de queixo caído... MAGNÍFICA análise comparativa!! e o que nós não sabíamos...
confessamos que este foi um postal preguiçoso, pois não investigámos nada de nada, nem recorremos aos nossos conhecimentos wikipédicos. e não é que valeu a pena?? gratíssimos!!

lana, que almoço simpático, tirando o joão pires que é muito adocicado... percebo perfeitamente a tua ausência, lana. espero que tudo corra pelo melhor e desejo-te muita força para enfrentar estes cenários difíceis.

triliti, claro, já se sabia... e ainda para mais nem chove...

frioleiras, e já são duas importantes, mas sobram tantas mais....

intruso, não foste na debandada???
hummm... estás na praia a resolver o enigma....

bandida, baleia quente, quente...
nariz?? nas semelhanças??

Vince, estas meninas não foram à catequese, está visto! e está tudo a banhos, claro!!

loulou + nini, era previsível... e por aí o movimento aumentou??

boop, tu vê se pões o pedro na catequese!!

cara anciã, eu compreendo, mas olhe que ninguém está a comparar a masculinidade das personagens... embora possa ser um aspecto a considerar, pensando bem.

pinky, olha estamos na mesma, então...

a&b!!!

26/4/08 8:27 da tarde  
Blogger ELA said...

Captain, my captain, também nós não andámos pela wikipedia. Este é um assunto de que nos ocupámos na ida década de 80 do século passado (década em que, felizmente, ainda não existia esse espaço democrático de divulgação do não saber); imodestamente vos dizemos, aliás, que o tema é mais amplamente abordado em capítulo por nosso punho redigido, em obra dada ao conhecimento público no princípio da década de 90, do mesmo século. O capítulo tem por título «Emergências do Mito nos contos maravilhosos». Da obra não vos damos o título, nem outras referências, não por modéstia, que a não temos, mas por desejarmos preservar o anonimato. Com a mesma imodéstia vos dizemos que tivemos a honra de ouvir opinar, ao saudoso Professor Victor Jabouille, conter a nossa obra uma visão inovadora; assim sendo, salvo a remota hipótese de a haverdes consultado, não seria muito provável encontrardes as ideias que lá expomos e aqui sintetizámos.
Mudando de assunto e a propósito de «Captain, my captain», acaso conheceis o livrinho de Lewis Carroll, «The Hunting of the Snark»? Se não, permiti que vo-lo aconselhemos vivamente (passe a aliteração). Caso vos seja difícil aceder ao texto original, não tenhais pejo em lê-lo na tradução de Manuel Resende. Aliás, bom, bom, seria uma leitura comparada do texto em inglês e desta tradução «fabulástica». (Assírio& Alvim, 2003).

27/4/08 9:24 da manhã  
Blogger golden said...

que sooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooono

27/4/08 6:41 da tarde  
Blogger D. Maria e o Coelhinho said...

CAPITÃO, CAPITÃO, O COELHINHO VOLTOU,
VOLTOU DIREITINHO AO MEU CORAÇÃO!!!


D MARIA

28/4/08 2:38 da manhã  
Blogger Naked Lunch said...

nada a ver mas vê lá o que te parece o resultado do 1º workshop no indie júnior... abraço!

28/4/08 10:25 da manhã  
Blogger Teresa Durães said...

na minha ignoRãncia fiquei maravilhada com o comentário de ela

28/4/08 7:23 da tarde  
Blogger Boop' said...

Que ricos comentários da Ela!!!!!!!!!!!!!
Sim senhora!
Material de qualidade!!!!

28/4/08 8:43 da tarde  
Blogger ELA said...

Caro Capitão, permita que venha mais uma vez a bordo, só para clarificar duas coisas:
1. O primeiro comentário que aqui deixei, embora tenha sido feito em síntese, foi feito a sério e com gosto; achei piada à sua proposta.
2. O segundo comentário já era a brincar com a minha própria seriedade :-)
Não gosto de me levar muito a, sério, para não perder o pé (preciso dele para melhor fugir aos credores)
E feita esta cambadela, vou bolinar um pouco.
Cumprimentos e bons ventos

28/4/08 9:22 da tarde  
Blogger Lizzie said...

Capitão:
estamos demasiado mal dormidas com o regresso, não pregámos olho,e por isso estamos falhas de pensamentos ainda mais que o costume.
Desde já vos dizemos que enviámos os vossos cumprimentos no dia da abrilada. Somos de palavra.

Quanto ao postal, não gostamos de profetas porque nos parece que já nascem velhos tal e qual os ministros das finanças.
Quanto ao outro também não apreciamos: faz-nos lembrar aqueles maridos que hão-de continuar a ser filhos únicos toda a vida. Ou então aqueles rapazes sózinhos no meio de quinze irmãs mais velhas.

Tendes aí um cházinho preto para acordarmos? É que não gostamos de café...

Continência

29/4/08 11:04 da manhã  
Blogger ELA said...

lizzie, isso dos maridos filhos únicos parece-nos mais coisa de peter pan ou mesmo do joão pequeno.
dizemos nós, que de tanto café já não alinhamos letra com letra

29/4/08 12:36 da tarde  
Blogger Lizzie said...

Ai Senhora Ela, que deveis ter razão: é que de tanto chá, tanto não feches os olhos que adormeces, tanto tu porta-te bem vê lá as figuras que fazes, e de tantos anos que já lá vão sobre a idade de ter heróis, já baralhamos tudo.
Baralhamos até o aviso do maço já com falta de cigarros em frente:No dormir perjudica gravemente su salud y la de los que están a su alrededor.

Capitão, também tendes almofadas descartáveis no vosso estabelecimento?

29/4/08 3:24 da tarde  
Blogger mixtu said...

yayaya
brincadeira e muito didactico
yayya

fui... ordenhar... yaya

abrazo serrano

30/4/08 2:59 da tarde  
Blogger Haddock said...

boas!!


ela, "inovador" é pouco, mas vindo de quem veio seguramente é o bastante...
que tema de dissertação giro e que facilmente nos revela a tua apetência para as ciências exactas!! não tem muito a ver, mas consta que o mito de d.sebastião também é sobejamente aproveitado na literatura estrangeira. quanto ao misterioso snark, sabemos que existe, mas nunca lemos, se calhar por alguma irritação - trauma infantil - com o lewis carrol, como já aqui fizemos repetida referência. mas despertaste-nos a curiosidade. gratíssimos uma vez mais. ah, e podes levar-te a sério ou a brincar que aprendemos sempre!!

golden, nunca lhe devemos resistir...

d. maria, prontossss. voltamos à telenovela mexicana!!!

naked lunch, já lá estive e RECOMENDO AOS DEMAIS FREGUESES UMA VISITINHA...

teresa, também nos impressiomou a ponto de não segurarmos e queixo!!!
maravilha!!!

boop, já aqui nos debruçámos sobre a importância do tamanho, achas que nos iríamos repetir?? e sim, o comentário d'ela está um primor!

lizzie, cházinho preto?? claro!! brioches para acompanhar?? almofadas descartáveis não, mas as fronhas estão a cheirar a sabão clarim...
e tendes razão quanto aos profetas, embora talvez ligeiramente confusa, mas o sono faz isso! o jonas caíu-nos, por assim dizer, no colo a vinha imenso a propósito do pinóquio...
e gratos pelos cumprimentos à grande senhora!

mixtu, a ordenha é uma boa desculpa, sim senhor...


vénia, a&b!

30/4/08 11:09 da tarde  
Blogger tolilo said...

gosto tanto, tanto
do Pinóquio!

Chuac!_

1/5/08 12:22 da manhã  
Blogger casa de passe said...

estando elas hoje de folga, estou em minha casa (não na outra), e aproveitei para aqui dar um salto.
só de pensar em ser engolido por um bicharoco destes...


joão

1/5/08 6:01 da tarde  
Blogger merdinhas said...

Deixa-me pensar... o que têm eles em comum ...a baleia era a mesma ? Aquela baleia mais velha que Matusalém? Foi essa que engoliu o Jonas, o pai do Pinóquio e o Pinóquio? Essa baleia devoradora?

A estranha história de Jonas...eu não sei é o que é que ele profetizou...

... mais uma história de "crime" e castigo, de meninos bons e de meninos maus, obedientes e desobedientes.

1/5/08 11:04 da tarde  
Blogger merdinhas said...

E afinal a baleia é um peixe?!

1/5/08 11:07 da tarde  
Blogger Frioleiras said...

haddockzinho, e eu a julgar que havia post novo, dada a quantidade generosa de comms que puseste no meu ninho.

Gapeto/Pinóquio

adoro-os

baleias não, esmagam-me ...

jonas ... nem sei se gosto ou não.

afinal o que têm em comum é o terem sido personagens simpáticas engulidas por outra de que não gosto.

2/5/08 12:52 da manhã  
Blogger velha gaiteira said...

Bom dia caro Capitão

Por onde anda V.Excelência que há muito que não o enxergo?

Pelos Algarves? Ui, quem me dera!
Saudades do calor gostoso da praia.
Enfim, não se pode ter tudo e da reforma não sobra muito.

Abração

2/5/08 9:58 da manhã  
Blogger Naked Lunch said...

aconselho ao capitão a leitura de pinóquia, um clássico de bd (do campo "manhoso"...), em tudo semelhante ao original... o autor teve a ideia (em tudo original...) de fazer crescer outras partes à personagem principal...

2/5/08 11:26 da manhã  
Blogger Boop' said...

Capitão,
Olha que a "repetição" é uma figura de estilo com a sua importância!
Por isso não temo as repetições!!!!!

"As Figuras de Repetição e de Amplificação: Repetição de Palavras: Epizeuxe, Anáfora, Epífora, Anadiplose, Simploce, Antanáclase, Epanalepse, Epanadiplose; Repetição de Sonoridades: Rima, Assonância, Aliteração, Apofonia, Paranomásia, Eufuismo, Poliptoto; Redundâncias: Pleonasmo, Batologia, Tautologia, Expleção; Paralelismo e Amplificação: Paradiástole, Hipozeuxe, Paráfrase)"

(não é que eu perceba alguma coisa disto... fui buscar aí num sitio qualquer de gramática)

2/5/08 3:13 da tarde  
Blogger ELA said...

bem visto, merdinhas: nem a baleia é um peixe... nem é garantido que Jonas tenha sido engolido por uma baleia; nos textos mais antigos referia-se um grande peixe e só mais recentemente se começou a falar em baleia - e pergunto-me se, assim como na novela de Carlo Collodi parece emergir o texto do antigo testamento, não terá a figura de Pinocchio influenciado as reescritas daquela.
De qualquer forma, aqui é o poder simbólico que conta; o facto de se tratar de um mamífero poderá, por seu turno, reforçar a nossa tese de «parto sem útero». kkk

2/5/08 8:59 da tarde  
Blogger Haddock said...

boas!!


tolilo, já imaginava... sempre é melhor do que o tonto do noddy!!

joão, aqui na mercearia não há bicharocos... tudo muito limpo!!

frioleiras, post novo só depois...
e parece que têm muito mais em comum do que a baleia, que nem se sabe se o era verdadeiramente...

cara anciã, andamos por aqui... sempre por aqui, mas mais adormecidos.

naked lunch, pinóquia?? literatura para adultos de malhor, estou a ver!! és uma simpatia!!

boop, até me assustaste com tanta sabedoria.... como verás, seguimos o teu conselho e, em certa medida, repetimo-nos no postal de cima.

merdinhas, olha também não sei por que motivo lhe chamam profeta... quanto à baleia... pois consta que não põe ovos (mas podia jurar que já comi ovas de baleia...). de todo o modo, a bíblia fala em peixe grande... a "ela" explica melhor!!

ela, é inesgotável a tua sabedoria... mas também fiquei com dúvidas sobre a natureza do bicho...


a&b!!

2/5/08 9:58 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home