sexta-feira, maio 02, 2008



ENSAIO CRIATIVO SOBRE

O BAIXO CALÃO

OU

O PODER EXORCIZANTE

DO PALAVRÃO




Em tempos, fomos vítimas de uma torpe
difamação.

Acusavam-nos, sabemos lá (...), de exagerar no impropério ou no vitupério, como se fôssemos viciados no opróbrio, além de outros dislates.

Ora, vós sois ilustres testemunhas da nossa sobriedade no nobre acto da expressão verbal. Sobriedade ped/eleg...ante, acrescente-se.

Incontáveis foram as vezes em que dolorosamente nos contivémos, reprimindo pequenos e (quase) inocentes palavrões, quando as ocasiões até reclamavam muito mais, quem sabe uns chapadões...

Excepcionalmente, lá recorríamos à pudicícia técnica do *asterisco*.

Só que tudo isto nos fez e faz mal à saúde. À nossa saúde e à própria vividez da língua.

Decidimos, por isso, prestar homenagem ao baixo calão.

Pois que pode ser rude, obsceno, agressivo, imoral, etc.

Mas por vezes é tão exorcizante, que se torna terapêutico e, ao mesmo tempo, (insolentemente) eloquente!

Não querendo nós, porém, ferir susceptibilidades, achámos interessante a ideia de inventar um palavrão que pudesse ser de uso corrente por aqui, sem ofender muito...

Tarefa difícil, apesar da nossa já vasta experiência em neologismos.

Pensámos, embora à pressa, em vários como: chulézesco, miiocéfalo, ostraquídeo, bafunzão; e em expressões como: vai mazé declinar ou vai-te esgardunhar. Fraquinhos, pois...

E é por isso que aceitamos sugestões ... de preferência não muito sugestivas ... (lembrai-vos da borracha censória!)





(só para adultos!)


42 Comments:

Blogger pinky said...

também não sou de palavrões e de calões, mas que ás vezes dá vontade ai lá isso dá! adorei a "vai mazé declinar" lindooooooooooooooooooooooooo!
sugestões agora assim de repente não me lembro mas hei-de lá chegar.
Um abraço bem apertado ;)

2/5/08 10:50 da tarde  
Blogger Boop' said...

Quando era teenager na escola (e porque era uma menina bem educada!!!!) usavamos a expressão "Xispsylon" (será que se escreve assim?)

eheheheh - que naifs

2/5/08 11:39 da tarde  
Blogger Boop' said...

....
Se calhar era mais "xipslon"
....

3/5/08 1:35 da manhã  
Blogger Frioleiras said...

És o máximo Haddock, o máximo !...

A tua imaginação e este texto é bem "teu". Assim sendo, não posso deixar de botar aqui a minha achega:

cabestron (citando Hergé)
é a minha sugestão e pelo facto de ser em "francês" torna-a mais delicodoce. É isso , fica um palavrão delicodoce.

(qd quero dizer um palavrão digo "credo" ... imagina! uma palavra sumamente conservadora e que quando a uso tem a mesma força e a mesma violência que uma obscenidade... )

bjnhs

3/5/08 1:47 da manhã  
Blogger Teresa Durães said...

excelente post :) palavões existem tantos, é necessário inventar mais? (quem não os diz?) em controlo da linguagem sai-me um "foram-se todos embora" para não dizer o "foda-se" de sempre.

pronto, está dito

3/5/08 2:09 da tarde  
Blogger isabel mendes ferreira said...

CURIOSA A COINCIDÊNCIA.


"aquele piano" aliás tocante terno e magnifico e de exemplar execução, esteve num Piano antigo (hoje apagado).
é um vídeo que é sempre "ouvível"...

obrigada C.H. pela gentileza.


_________________e dos "palavrões" é sempre útil ler entre muitos outros o singular Poeta Gil de Carvalho "Viagens -l978-2008" Assíro & Alvim.
bom fim de semana.

.

3/5/08 4:57 da tarde  
Blogger Vince Vice said...

Capitão, devo dizer que sou grande utilizador do calão em todas as suas vertentes e, mais, acho que deve ser usado e abusado pois é tão parte da lingua portuguesa como o palavreado mais erudito...

Depois se poder passe pela casa nova e leve amigos...

Abraços camarada e muito bem haja

3/5/08 8:35 da tarde  
Blogger Boop' said...

Isso do "só para adultos" é para aliciar, não é?

3/5/08 10:53 da tarde  
Blogger velha gaiteira said...

Eu cá uso 'mierda' . sempre achei que em espanhol tem mais estaleca e sai-me, às vezes, quando não devia!

acontece a todos.

Abraços

4/5/08 3:34 da manhã  
Blogger ELA said...

o palavrão é um filão para quem gosta de sócio-linguística; e permite também interessantes conversas psicanalíticas, à mesa de café. Em Portugal, parece-nos, o palavrão reflecte fortemente a sexofobia. Quando alguém se irrita com outrém, não é raro ouvir a pessoa irritada desejar que a outra vá praticar actos que, em condições normais (e não sexófobas) deveriam ser veículo de prazer.
Por nossa parte, nos últimos tempos, as expressões a que recorremos mais frequentemente são:
«Vai chatear o Sócrates!» ou «vai pentear ministros!» ou, ainda, «Vai dar aulas de substituição!». Se discutimos com alguém que nos desagrada verdadeiramente, pode acontecer gritarmos «Vai pó Cavaco!». E a interjeição que nos sai mais frequentemente, em momentos de grande irritação, é «Cavaco!»

4/5/08 11:54 da manhã  
Blogger licopódio said...

Calão, só mesmo se for baixo.

"blogues me fodam" parece-me adequado.

4/5/08 2:55 da tarde  
Blogger 100 remos said...

&%$#"!(/&%$#"!!|=)((/&&%$%$#"!!=)(/&%$#"! OUVIRAM?

4/5/08 6:04 da tarde  
Blogger tolilo said...

O que é calão, tio Haddock?

Chuac!_

4/5/08 7:23 da tarde  
Blogger Bandida said...

caríssimo capitão,
o palavrão é o sumo da palavra, cá para mim.
e adorei os "vai mazé declinar", e "vai-te esgardunhar". os palavrões são a razão da existência da palavra.

palavra + ração = palavrão, perdão, queria dizer :
palavra + razão = palavrão
para não repetirmos o erre e o á só fica um de cada, apesar de ficar o zê que pode servir de zangão... ou não fossem as palavras uma espécie de pólen a cobrir de cor os palavrões.

beijo a Vossa mão, meu Capitão,

4/5/08 9:29 da tarde  
Blogger casa de passe said...

achamos o palavrão a coisa mais natural do mundo.
é o pão nosso de cada dia cá em casa.
Onde está a duvida?
Mas até nos aconchega !
o que usamos mais é 'chuleco', por dá cá aquela palha.

sózinhas, preferimos as nossas confortantes leituras

LouLou + NiNi

5/5/08 12:40 da manhã  
Blogger triliti star said...

caríssimo capitão, este vosso postal apanhou-me completamente desprevenido e, contrariamente ao que pode parecer à primeira vista acho-o de uma agradável singeleza. como? ah, desculpai, pareceu-me ouvir um palavrão. adiante. sabei que ando sem qualquer vontade de blogar/comentar e é ajudado por alguma força de vontade que o faço, mas, vós bem o mereceis, aqui fica: geralmente, cá ou lá, ou noutro sítio qualquer, emprego a idiomática frase francesa "va te faire cuire un oeuf" que traduziria em tradução muito livre por "vai comer um ovo cozido dentro do cú da galinha" o que, convenhamos, é tão longo que acabaria por ser, talvez, insuficientemente terapêutico.
acresce que o estimado capitão pedia um palavrão e não uma frase, mas estou pouco inspirado e foi o que se arranjou.
e agora vou de abalada que tenho que me levantar cedo.
um abraço

5/5/08 2:39 da manhã  
Blogger Lizzie said...

Capitão:
Somos de pensar que há palavrões antibióticos e outros anti inflamatórios.
Para não criar resistências não abusamos da medicação: guardamos para quando a infecção é grande e, neste caso, preferimos a farmacopeia espanhola, onde para fazer efeito, se utilizam diversas entoações de voz. Há lá coisa mais terapêutica que trazer a voz com força, rapidez e firmeza da plataforma do diafragma, arranhando nas cordas vocais.

Ainda ontem numa bomba de gasolina e ouvindo uma espécie de adolescentes atrasados em ser adultos, nos lembrámos se tal verborreia a despropósito não seria o Maio 68 das palavras.

Não gostamos de placebos vazios do princípio activo da raiva.

Continência

5/5/08 11:36 da manhã  
Blogger intruso said...

Ui... calão,
não me vou meter nisto ou sugerir nada.

(risos)

[The F word... eles são demais]



Curioso post Capitão
abraço/continência

5/5/08 5:16 da tarde  
Blogger Naked Lunch said...

pois, meu capitão... por aqui só mesmo os habituais impropérios populares... muito eficientes nas mais diversas situações do dia-a-dia... e completam bem qq frase, car... mas muito explícitos para o solicitado... lamento desiludir, capitão...

f...-se o vídeo é do c.....o...

5/5/08 6:09 da tarde  
Blogger Haddock said...

boas!!

pinky, és muito zen... também não desgosto do vai mazé declinar ou vai-te declinar. outro.:)

boop, "xipslon"?? que infância tão bem comportada, bolas!! nem "vai à m****", nem nada?? e o "é só para adultos" é porque o conteúdo da tubagem é pornográfico. eu cá não faço publicidade enganosa, oras!!

frioleiras, só "credo"???? mas isso é como "jasus" e não ofende ninguém ou quando muito de raspão...
o palavrão não pode ser delicodoce, frioleiras, ai!!

teresa, e não há cá papas na língua!! :)

isabel, eu também desconfiava que não estava a trazer grande novidade... conheço.:) gratíssimos.

vince, dá vivacidade à língua que é um pouco monocórdica... passo, claro e levo champanhe para a INAUGURAÇÃO DA CASA NOVA!
...
FREGUESES: ESTAIS PELO VINCE CONVIDADOS E POR NÓS AUTORIZADOS
A ESMOLAR NA NOVA MORADIA DO KAMARADA!

cara anciã, fraquito... pouco exorcizante.

ela, bem visto! e gostámos dessa de "vai dar aulas de substituição"!!
ócrates e cavaco são mais tabu do que palavrões, achamos nós...

licopódio, pois olha que a nós também...

cemremos, €£‰¶÷@#$%&!! tomex!!

tolilo, puto, é asneira!!

bandida, eco: ... pólen a cobrir de cor os palavrões?? então não é o palavrão que dá cor à palavra?? já não percebo nada...

loulou e nini, não abusem do "chuleco" ou ainda vão para a estrada...

triliti, desmotivação geral, falo por mim também. mas gratos pela força de vontade! essa do ovo tem verniz, especialmente pelo fino idioma. o facto de ser longa não é defeito, até é divertido.

lizzie, a farmocopeia espanhola é do melhor!! e não pensais que andamos por aí a libertar impropérios a torto e a direito. também nós detestamos gratuitidade asneiral. reservamos o respectivo emprego para ocasiões especiais. sempre!

intruso, sempre podes fazer um esboço...

vénia, a&b!!!
maio de 68 das palavras... está óptimo!! também nós

5/5/08 9:10 da tarde  
Blogger Haddock said...

naked lunch, gostei do comentário à tubagem!!

abraço!

5/5/08 9:12 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

Houve um dia em que me entraram pelo escritório a dentro dois marmanjos completamente marados.
Supostamente, havia um que queria, porque queria, participar dum gajo, mas até hoje não consegui perceber porquê. O canastrão, a contorcer-se de bêbado, só sabia dizer que eram uns cabrões, que os matava, que os fodia a todos e que, no fim, mandava-lhes a conta. Tentei explicar-lhe, com paciência de Jó, que era melhor voltar outro dia e talvez o pudesse ajudar ... Teimava que não, que dali não saía, que queria que eu chamasse a polícia para prender os gajos que ele insultava. Virei-me para o amigo, um pouco mais sóbrio, e, com o tom adequado e expressão a lampejar, disse-lhes que ou se piravam dali para fora ou tinham de se haver …ainda eu não tinha terminado a frase e já o filho da p. se atirava pelas escadas a baixo, aos trambolhões. Conclusão, tive mesmo de chamar a polícia (não fosse ele acusar-me do que não fiz) e uma ambulância.
Depois disto, aprendi a não ter medo de ferir susceptibilidades. Há gajos que a única linguagem que conhecem é a que dominam e é nessa que temos de nos fazer entender, sob pena de ficarmos a falar para o balão.

E o que é que isto tem a ver com o post?
Nada, absolutamente nada. Mas isso, agora, também não interessa nada. O importante é que acabei de exorcizar o stress de um dia de trabalho.

gentil ou provocatoriamente,
yours carolina

5/5/08 9:52 da tarde  
Blogger golden said...

Carolina uma ova!

Sei quem é esta anónima.

A linguagem saiu-lhe e percebi, PERFEITAMENTE, quem é!!!!! Deveria, há muito, ter batido na testa (eu) !!!!
E a linguagem é mesmo dela.

Agora entendi TANTA COISA!!!!

CLAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAARO!

6/5/08 12:09 da manhã  
Blogger pardal de telhado said...

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

voando por aqui

fugindo
daqui~~~~~~~~~~~~~

não gosto de calão,
voo daqui para fora~~~~~~

6/5/08 1:04 da manhã  
Blogger Haddock said...

calma, mna. golden!!
mas qual é o novidade, afinal??
pergunta retórica...
a "anónima" "carolina" é nossa freguesa há já algum tempo e, por isso, de estimação!!

e somos muito zelosos com os nossos clientes, caso não saibas. e olhai que estamos em fase de impropérios...

6/5/08 1:13 da manhã  
Blogger audrey said...

noite clara, pelos vistos

6/5/08 1:24 da manhã  
Blogger galatea said...

ECHABA DE MENOS A MI CAPITÁN (y su natural forma de comunicarse)
Abrazos.

6/5/08 2:43 da manhã  
Blogger ELA said...

o meu primeiro contacto com o calão castelhano foi de arromba: «me c_g_ en la c_n_ de la virgen santíssima!».
Fiquei dividida entre o assombro e a gargalhada.
Mas não adoptei a expressão, porque sou ateia :-))))

6/5/08 4:58 da tarde  
Blogger ELA said...

a propósito, capitão, avez vous déjà vu?

6/5/08 5:12 da tarde  
Blogger take.it.isa said...

:)

6/5/08 5:50 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

pronto, capitão!
desculpe o momento de fraca criação!!!
mas tb não passava de um ensaio, certo?

decididamente provocatoriamente,
yours

6/5/08 11:48 da tarde  
Blogger margarida já muito desfolhada said...

caríssimo,
não sou de invenções nem inovações, uso o que já está feito e quando preciso de afasstar a filoxera que alguém me causa só digo: granda filh'da puta.
e sinto-me aliviada quando o faço.
e desculpai.

7/5/08 12:32 da manhã  
Blogger coiSINHO SEM NOME said...

tantos e tantos que eu conheço desde tenra idade... dos mais reles aos mais elaborados! uma panóplia deles! e eu até vinha preparado para dizer por aqui uns quantos, daqueles que a rapaziada cá do norte diz desbragadamente sem conseguir ofender realmente ninguém. um rol deles, diga-se de passagem! uma lista descomunal! um nunca mais acabar de impropérios, de asneirame sem sentido, de insultos de toda a espécie!

mas depois quedei-me mudo…

sempre este apreço pelos “anónimos”! adorei o trambolhão da menina carolina!

(isto fica apenas em jeito de experiência, e é uma espécie de homenagem a uma certa “entremediata” que anda desaparecida...)

7/5/08 11:38 da tarde  
Blogger casa de passe said...

mudas

não somos

somos

a LouLou + a NiNi

8/5/08 12:08 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

Eu adorei a lista descomunal do coisinho sem nome.

da, yours, menina carolina.

8/5/08 12:20 da tarde  
Blogger isabel mendes ferreira said...

raios e coriscos!

de repente fiquei sem palavrões!
e juro que vinha com os bolsos cheios...:((((
buáaaaaaaaaaaaaaaaaaa----sniff sniff...beijo com beijos.

__________________olá C.H.
voltarei quando encontrar a lista deles.
pode xer?
faxavor?
_____________________.

8/5/08 6:34 da tarde  
Blogger Haddock said...

muito lindo, tudo...

gratíssimos pela participação!!!

e, com toda a simpatia e respeito, ide-vos declinar!! (que é como quem diz: ide-vos aproximar do ocaso, que é bonito e acalma...)

a&b!!

8/5/08 9:08 da tarde  
Blogger merdinhas said...

Pirates!
Doryphores!
Gobbledygooks!
Filibusters!
Slubberdegullions!
Patagonians!
Vampires!
Sycophant!
Kleptomaniacs!
Egoists!
Tramps!
Monopolizers!
Pockmarks!
Belemnite!
Crooks!
Miserable earthworms!
Coconuts!
Harlequin!
Parasites!
Macrocephalic baboon!
Brutes!
Guano gatherer!
Pachyrhizus!
Toads!
Gyroscope!
Bougainvillea!
Bloodsuckers!
Nincompoop!
Shipwreckers!
Cyclone!
Gallows-fodder!
Politician!
Baboon!
Torturers!
Fuzzy-wuzzy!
Blackbird!
Mountebanks!
Cannibal!
Duck-billed platypus!
Black-beetles!
Ruffian!
Vermicellis!
Lily-livered bandicoots!
Rats!
Logarithm!
Cro-Magnon!
Freshwater swabs!
Beasts!
Bully!
Anthropophagus!
Pithecanthropuses!
Savages!
Gangsters!
Wreckers!
Vandal!
Carpet-sellers!
Numbskulls!
Gang of thieves!
Slave-trader!
Picaroons!
Visigoths!
Toffee-noses!
Anacoluthons!
Hydrocarbon!
Technocrat!
Buccaneer!
Traitors!
Caterpillars!
Odd-toed ungulate!
Woodlice!
Polynesian!
Swine!
Blackguards!
Vegetarian!
Dizzards!
Fancy-dress freebooters!
Centipede!
Sea-lice!
Ectoplasm!
Fat faces!
Artichokes!
Troglodytes!
Turncoats!
Bashi-bazouks!
Olympic Athlete!
Ectoplasmic Byproduct!
Balkan Beetle!
Two-timing Tartar Twisters!
Terrapins!
Breathalyser!
Profiteers!
Abecedarians!
Vulture!
Phylloxera!
Dogs!
Hooligans!
Steamrollers!
Body-snatcher!
Ostrogoth!
Brigand!
Heretic!
Blackamoor!
Anthracite!
Black marketeers!
Ophicleides!
Dynamiter!
Pickled herrings!
Gibbering ghost!
Corsair!
Moujiks!
Rhizopods!
Bootlegger!
Gogglers!
Villain!
Aborigine!
Bagpipers!
Pyrographers!
Crab-apples!
Goosecaps!
Aztecs!
Paranoiac!
Twister!
Vagabonds!
Sea-gherkins!
Road-hogs!
Hi-jackers!
Zapotecs!
Cercopithecus!
Psychopath!
Nest of rattlesnakes!
Jellied-eel!
Liquorice!
Coelacanth!
Invertebrate!
Nyctalops!
Mameluke!
Dipsomaniac!
Diplodocus!
Cowards!
Megalomaniac!
Highwayman!
Autocrats!
Bandit!
Nitwits!
Polygraphs!
Iconoclast!
Orangoutang!
Squawking popinjay! *
Prattling porpoise! *
Scoffing braggart! *

9/5/08 1:16 da manhã  
Blogger merdinhas said...

Se não me insultares dou-te o link ...

9/5/08 1:18 da manhã  
Blogger merdinhas said...

Contei até 10 e não me insultaste.

Toma, esta é a tua fonte:

http://www3.sympatico.ca/brooksdr/haddock/main.htm

9/5/08 1:19 da manhã  
Blogger Haddock said...

...

cool, merdinhas!! 'tamos com a filoxera (?)...

e somos tão famosos, p****, que nem dá para acreditar...

fixe, meu!!

nitwits tb para ti!!

9/5/08 1:26 da manhã  
Blogger merdinhas said...

Leste bem o próprio link?

Tb é divertido...

9/5/08 5:22 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home