domingo, novembro 25, 2007



A maldição do

menino da lágrima rolante





Ride-Vos, ride...

Nós, não sendo embora supersticiosos, já nos desfizemos do "Menino da lágrima", que recebia em nosso hall todos quantos nos visitavam.

E o que nos custou!

Vem-nos à memória a luta fraticida que houve para ver quem ficava com o menino que iluminava a sala de visitas da casa de Nossos pais.

Mais valia termos ficado com as salazarentas andorinhas pretas que decoravam a entrada de Sua vivenda, como que a saudar quem viesse por bem...






Vós conheceis-Nos. Não somos de bagatelas.

O nosso menino não era cópia, mas um dos (estimados) 27 originais.

Não se sabe exactamente quem o pintou, mas a versão mais credível aponta para um espanhol, de nome Franchot Seville, também conhecido por Bragolin. E que, por reforçada ironia, vivia em Madrid.

Consta que foi precisamente nas ruas de Madrid que o pintor encontrou o menino a vaguear com a expressão triste que o iria imortalizar.

Estamos em 1969. Bragolin acolhe-o e pinta o retrato.

Não liga aos conselhos de um piedoso padre no sentido de que se livrasse da criança, supostamente chamada Don Bonillo, que havia fugido após assistir à morte dos pais num incêndio.

Dizia o pároco que ela atraía a desgraça e que por onde passava estranhos fogos aconteciam, sendo por isso já conhecida por "El Diablo".

Certo dia, o estúdio do pintor é misteriosamente destruído por um incêndio. Transtornado, Bragolin acusa o menino, que foge, nunca mais sendo visto.

Anos mais tarde, perto de Barcelona, dá-se um acidente rodoviário. O condutor de um dos veículos envolvidos fica completamente carbonizado. Salva-se parte da sua carta de condução: tinha 19 anos; chamava-se Don Bonillo.



Nos primeiros anos da década de 80 inicia-se a histeria do "menino da lágrima". Raro o lar que não o exibia.

Mas, pouco tempo depois, verificou-se (especialmente em comunidades anglo-saxónicas...) a preocupante tendência para a ocorrência de incêndios nas casas em cujas paredes o menino estava pendurado.

Mais: tudo acabava consumido pelas chamas, menos o quadro do menino da lágrima...

Até cultos satânicos se desenvolveram à conta do petiz da lágrima rolante.

Estigmas...



De partir o coração!

(clicai ou não!)



65 Comments:

Blogger Bandida said...

caríssimo capitão
espero que nada arda aqui por sua casa pois seria uma coisa terrível perder tão intrigante história. nunca me passaria pela cabeça que um tão triste petiz conseguisse ter essa poderosa arma de fogo na mente que a realidade não
(des)mente.

vou já benzer-me não vá cair um raio ou um corisco na minha humilde morada que me deixe chamuscada...

beijo na mão, meu capitão.

B.

24/11/07 11:17 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

:))))))))))))))))))))
_____________
_____________
com música. claro.

bom fim de semana. sem a lágrima.




/piano. com preguiça de me inscrever...

24/11/07 11:32 da tarde  
Blogger anónimo said...

já me não lembrava desta criança e não esperava encontrá-la por aqui.

24/11/07 11:58 da tarde  
Blogger tolilo said...

o que é

petiz,

bandida?

25/11/07 3:00 da manhã  
Blogger Emma Larbos said...

Conheço uma casa onde há muitos anos um menino da lágrima está pendurado na parede. Há mais de 30 anos que lá está. Os donos da casa são felizes, criaram os filhos com trabalho mas com prosperidade. Gozam uma merecida reforma excursionando pelo mundo e nunca chamuscaram um dedo sequer nos longos serões de inverno em volta da lareira. São boa gente, bem capaz de levar para casa um menino que encontrem a chorar na rua.
Por isso, aconselho quem tiver ainda um menino da lágrima e se sinta receoso de alguma maldição a praticar o seguinte exorcismo:
leve para casa o primeiro menino perdido que encontrar na rua - de preferência numa rua de Madrid -, acolha-o durante os anos necessários e, quando ele fizer os 19, ofereça-lhe a carta e um carro.

25/11/07 8:48 da manhã  
Blogger velha gaiteira said...

Lembro-me muito bem da reprodução e(num sapateiro, em Odivelas, perto do posto de saúde, ao pé do condomínio Amoroza Plaza), há dias ainda vi lá um !

25/11/07 2:55 da tarde  
Blogger pinky said...

bolas bolas bolas....antes uma parede de andorinhas negras do que um petiz choroso!
e esse é muito muito triste, era incapaz de o ter cá em casa! arghhhhh
mas não sabia da história e gostei de ler, diria que se tornou um mito urbano, será? bom domingo, sem lágrimasssssssssss!

25/11/07 3:56 da tarde  
Blogger anónimo said...

emma larbos, este país está cheio de pais que quando os seus filhos completam 19 anos lhes oferecem carta e carro. isto independentemente do filho ter ou não um emprego e aandar a estudar ou não. há por aí meninos e meninas dessa idade (e até mais novos) que sem qualquer consciência do que andam ou querem fazer na vida têm os seus carros e nada fazem de útil à sociedade. a inconsciência desses pais espanta-me. mas ainda há quem concorde.

25/11/07 5:21 da tarde  
Blogger pentelho real said...

Haddock,
cap, é sempre um prazer vir aqui, mesmo quando estou em crise.
conheço bem o quadro do menino; em casa da mãe da minha amiga e camareira Leocádia havia um, era o nº. 26/27. qual era o número do Vosso? lembrais-Vos?
quanto ao "de partir o coração", lá clicar cliquei, mas o resultado foi "service unavailable".
se calhar foi melhor assim, pois o coração partido já eu tenho.

25/11/07 6:10 da tarde  
Blogger pentelho real said...

ah, era passageiro, agora já vi.
vá lá, não piorei...

adeus

25/11/07 6:17 da tarde  
Blogger tolilo said...

também sou menino!

também sou azul!

(muito azul, mesmo quando sou cor de rosa...)

e

não parto

corações!


Chuac!_

25/11/07 6:52 da tarde  
Blogger Jejeca said...

choro,
gosto de bagatelas,

mas

não parto corações...

25/11/07 7:09 da tarde  
Blogger Lérias said...

pieguices?

fragil idades ...

25/11/07 7:28 da tarde  
Blogger Frioleiras said...

...

claro! ...

take my
heart, but
please
don't
break it ...........

25/11/07 7:31 da tarde  
Blogger Haddock said...

boas!

bandida, já o despachámos embrulhadinho em pais natal e em rudolfos para um inimigo de estimação que nos anda a dar nos nervos. reciclar é preciso! lá para os reis enviamos um extintor, não vá a consciência pesar-nos.

anónimo do piano, sem lágrima!! já o substituímos por um óleosito do turner para comoção dos invejosos!

tolilo, petiz, miúdo, puto, crise de asma, foi??

senhora De larbos, só pode ser cópia da feira... dizem que só com a assinatura do sevilla de madrid é que funciona. ou será antes o contrário??? bem, por via das dúvidas, e embora sejamos totalmente cépticos em matéria de bruxedo e enguiço, já nos livrámos do nosso menino. melhor, já o reciclámos. vai direitinho como presente de natal para um grande inimigo de estimação!

caríssima anciã, eles andam por aí...........

pinky, mito urbano e de província. e CREDO para as andorinhas, essas sim é que atraiem o mau olhado!

anónimo, definitivamente, sentido de humor não é o teu forte.

princesa, o nosso menino não era uma serigrafia, mas um original!! soubéssemos nós de vosso interesse e te-lo-íamos enviado para vodes como presente de natal!

jejeca, isso deve ser porque ainda andas no jardim escola. quem sabe se não cresces uma mulher fatal...


vénia, a&b!

25/11/07 7:40 da tarde  
Blogger Haddock said...

lérias, ternurices também resulta...

frioleiras, miúdo justificadamente traumatizado. um conde de monte cristo da 5ª dimensão.

a&b!

25/11/07 7:43 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

ufffffffffffffa....


ainda bem....



Turner.

Capitão.


:)


bjj.


________

(anónimo do piano) . imf.

25/11/07 8:22 da tarde  
Blogger Emma Larbos said...

Anónimo que me interpelou directamente:
Fique sabendo que o meu filho está quase a chegar à idade de ter carta e carro e eu pretendo deixá-lo conduzir-me pelas ruas mais perigosas da cidade. É que tenho uma certa confiança no meu trabalho... sei o que fiz nos últimos 18 anos. Parece que não é o seu caso...

25/11/07 10:42 da tarde  
Blogger Haddock said...

senhora De larbos, compreendemos a vossa reacção, mas o provocador não é sequer é merecedor dela.
e, uma vez que não a apagámos, pedimos desculpa pela torpe insinuação de quem, mais do que não ter um pingo de sentido de humor, acha que sobressai pela insolência...

apesar das alarvidades já aqui despejadas, demos uma segunda hipótese ao cavalheiro. errámos. já nos tínhamos dado conta disso.


anónimo, irrita-nos de sobremaneira a borracha, mas doravante não hesitaremos a usá-la contigo. procura outros destinos. não terás dificuldade em encontrar
espaços mais niveladamente combinantes com a tua pessoa.

25/11/07 11:02 da tarde  
Blogger anónimo said...

haddock, tens razão.

emma larbos
na verdade tem razão, eu sei lá o que é que fiz nos últimos dezoito anos. nem nos últimos dezoito meses. nem nas últimas dezoito horas.nos últimos dezoito minutos, por acaso, lembro-me.
há, na condução, ruas perigosas? e eu que julgava haver somente condução perigosa.
as mãezinhas dos meninos que vejo no metropolitano com os pezinhos em cima dos assentos também têm confiança no trabalho que fizeram.deram o que tinham, a mais não eram obrigadas.

25/11/07 11:22 da tarde  
Blogger anónimo said...

há verdade que custa muito ouvir.

25/11/07 11:23 da tarde  
Blogger Haddock said...

...


e com esta pérola de sabedoria nos deixas..............









(como somos generosos, Nós!)

25/11/07 11:26 da tarde  
Blogger D. Maria e o Coelhinho said...

Amigos,

Acabou-se!

Morreram os dois:

A D. Maria
o Coelhinho !

Abraça-vos a sua amiga

XANDINHA

26/11/07 12:59 da manhã  
Blogger anónimo said...

Senhor Haddock,
passe, por favor, uma última vez pelo meu túmulo.
Obrigado

(vá lá, ninguém vai saber...)

26/11/07 2:44 da manhã  
Blogger anónimo said...

E pode, se quizer, vilipendiar-me publicamente. Não faz mal. Eu mereço.

(mas vá lá, ninguém vai saber.)

26/11/07 2:50 da manhã  
Blogger nnannarella said...

Deusas!!!!








que belo melodrama entre o Anónimo, que não de Veneza, hélàs!, e Vódes, Archie.

Como soydes compassivo, Archie, que estaydes sempre a dizer "é desta!" e ele sempre a dizer, a dizer...

tal primoroso cogumelo ou insinuante metástase. Fazeydes bem, Archie, que a censura é coisa feia e a minha Amiga Emma sabe responder por ela, sem precisar de moderação de comentários. Além do mais, o Anónimo, que não de Pompeia, digo, ... bem, não interessa..., diz de sua justiça, sem injúria nem matança.

A propósito, quero deixar clara a minha admiração por Bela Lugosi e Ed Woods e por vodes, que me havedes posto em ensinança tal desmesurada cousa sobre a criatura da lágrima, que também me é familiar e de que não fazia ideia. Dormyde bem, Archie.

26/11/07 3:23 da manhã  
Blogger 1entre1000's said...

estigmas pequenos ou grandes todos os temos...
excelente escolha musical...

26/11/07 10:44 da manhã  
Blogger Boop' said...

Reinvidicação:
Não sou capaz de ler esta letra cinza em fundo preto!
Tenho dito!

(bolas acabei de expor a minha miopia, estigmatismo, etc, etc, ao mundo!)

26/11/07 11:30 da manhã  
Blogger Lizzie said...

E regressada do fim de semana, que é sempre pausa na caridade, aqui volto.
Pois que o tal menino só podia ter origem em Espanha, lembrai-vos Capitão da vasta tradição barroco-rocócó pictórica vizinha de meninos a chorar, mais os rotos e esfarrapados e às vezes ranhosos. Fiquei delirante com vossa prosa.
Tal menino vimo-lo também do outro lado do atlãntico numa mercearia de portugueses, por cima de uma televisão vestida com naperón, altar improvisado da Srª de Fátima, ladeada por quadro do Benfica e fotografia do Eusébio, ai Capitão que nos sentíamos em casa a olhar para as couves portuguesas. Achámosio viral porque também em Espanha e no México, pelo menos, tudo inundava de piedade. Pensamos que é histórica figura, não a sabíamos incendiária.Ou então andamos sobre cinzas sem notarmos. Sugerimos que entre nos isqueiros da BIC, que hoje está frio.

Sentido. Continência

26/11/07 11:41 da manhã  
Blogger Boop' said...

(Já li! - mas copiei para um documento do Word!!!!!!!)

O meu comentáario:

Medo!!!!
Tenham muito medo!!!!!!!!!

LOL

26/11/07 2:10 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

___________________________________

___________________________________

emma

nnannarella



faltava a


"iluminada" :


Lizzie


completam-se


:))))))

26/11/07 4:44 da tarde  
Blogger Lizzie said...

Desculpai, meu Capitão, mas aqui vos digo com honra que a iluminação vem delas. Vem dos de bem. Aqui também os há, a rir de coisas sérias que é uma forma de com seriedade as analisar.

Não vivemos numa escuridão anónima. Falsamente protegidos pela nossa fraqueza. Tristes dos que apunhalam pelas costas. Nem assassinos dignos conseguem ser.

Mais uma vez, vos peço desculpa por esta incursão.
Se aplicardes a borracha, usai-a também aqui, porque mesmo sem culpa, até pelos outros me envergonho. Como toda a gente digna de um nome aberto.

Vossa

26/11/07 6:03 da tarde  
Blogger Haddock said...

boas!


xandinha, que fim trágico! pode ser que comicamente se encontrem no purgatório, quem sabe...

nnannarella, ainda bem que apreciais estes momentos de exaltação poética; espectáculo cada vez mais frequente em nossa mercearia.
o nosso intelectualóidismo de esquerda impede-nos de accionar o direito de admissão, que fazer... já pensámos no monárquico "porque não te calas?!", desta feita com murro no balcão, mas dizem-nos que é emenda pior do que o soneto e nós somos pela qualidade do verbo, dizemos: verso.
vamos ameaçando com a borracha, da mesma forma que se expulsam do tasco os bêbedos que começam a partir a mobília ou a oferecer tareia aos outros clientes. temos pena, que é como quem diz: lamentamos... ainda para mais se até dizem que nos estimam. vá-se perceber... (não, não queremos perceber, de todo!!)

milu, tínhamos que escolher qualquer modinha à altura do menino. havia que safar o postal de qualquer maneira...

boop, não consegues ler?? pronto, pronto, vai branquinho tipo OMO para a próxima!! é que também já se queixaram do contraste... e andamos pouco coloridos, como sempre.

lizzie, e de facto qual não foi a nossa surpresa quando nos apercebemos de que navegávamos na twilight zone... e sim, vem-nos à narina o aroma da sopa de couves e ao olho os maravilhosos clichés do naperon por cima do televisor, mais o eusébio e a nossa srª de fátima. não se viam andorinhas pregadas à parede por essas bandas??
quanto ao mais, lizzie - e não tendes por que vos desculpar, omessa!! - o humor ou o sentido dele faz adivinhar a inteligência.
o anonimato que a quase todos cobre não prejudica nenhuma dessas qualidades. o que nos ultrapassa é a capacidade de alguém se divertir depreciando.

anónimo das rectas (?), no uso do verbo e no sentido de humor bastam-se a si mesmas!!! roamo-nos de inveja!!! olarila!!

a&b!!

26/11/07 8:14 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

:)
abracignes

26/11/07 9:40 da tarde  
Blogger nnannarella said...

eh eh


eh eh eh eh eh


eh eh eh eh eh eh eh eh eh


Archie, meu ruborizado e pudicício marinaio, a vódes, jamais seria capaz de dizer porque não te calas!. Soydes acorde áulico nesta escritosfera e só me apetece trinarde-vodes dá-me o braço, anda daí, anda de novo cantar ... , enquanto vaiamos a Nápoles! Se assinaraides a petição, andaremos y e veraides como vos passaraides da cabeça e do core e deixeirades de ruborizarde-vodes e não quereraides outra coisa que não conhecerdes melhor aquela terra que oscila entre filme de Bela Lugosi e singeleza de Ed Woods, com boa pitada de underground. Grata ainda por vosso peito afoyto entre noses (trio danado) e o(a) anónimo(a) dos traços e algo mais, que não é com certeza o de veneza ou de Pompeia... De qualquer maneira, a inveja é pasta que nos puxa o lustro... eh eh eh


eh eh eh

eh eh eh eh eh eh

eh eh eh eh eh eh eh eh eh eh

Ai daide-me algo, Archie, que não consigo suster esta risota...

26/11/07 11:26 da tarde  
Blogger Emma Larbos said...

As andorinhas também são uma bela lembrança! Se puxássemos bem pela memória, facilmente faríamos um museu (em concorrência com o outro da Nanna e bem mais decente!!!). Tínhamos de lá pôr um dos milhares de pastiches da Última Ceia que vi muitas vezes presidir às mesas de jantar.

27/11/07 12:01 da manhã  
Blogger nnannarella said...

eh eh eh
eh eh eh eh eh eh

um museu mais decente do que o meu!? ah ah ah ah

... mas!, esta da última ceia ... ah ah ah ah - pois que a Emma tem razão: bate aos pontos a criatura da lágrima...

ah! (interjeição e não gargalhada)... e pois, voltei porque esqueciade-me...

eh eh - pois tiraide-las, as capturas que quiserdes, Archie, pois que também as tirei das pesquisas. Menção honrosa à Vossa Cortesia, que há quem tire sem mais nem menos e nem diga donde, e, pior, de quem é, quando está escarrapachado de quem é.

Já agora. Aquele partir de coração é uma lástima mesmo. Quase pior do que o marialva... eh eh

eh eh eh eh eh

eh eh ehe he he eh ehe eh eh


ai daide-me algo...


(será que tenho uma fuga de gás hilariante?! devo chamar o INEM ?)

27/11/07 12:10 da manhã  
Blogger Haddock said...

...

ai que esta última nóiz não podemos deixar passar d'oije!! pois gostamos mesmo daquele partir de coração, nnannarella!! comóvenus e de que moido!!

não voltais a comparar com o asmático, que esse nem videoclipes tinha!!

27/11/07 12:24 da manhã  
Blogger Haddock said...

...

"móido"

e atentai na beleza da cantiga!!!

27/11/07 12:32 da manhã  
Blogger nnannarella said...

eh eh eh eh

eh eh eh eh eh eh

Nan sei que vodes diga, Archie. Que quereides?! Estas modernices depressivas em língua bárbara nan me convencem. Antes a Ornella Vanoni, de visita ao meu amigo Alien... eh eh eh eh

eh eh eh eh

eh eh eh eh eh eh


E agora voude-me, que o INEM já chegou. Dormyde bem. E nam vos esqueçaide-vodes de me levar cigarros... Obrigada... Obrigada... Obrigada...

27/11/07 1:48 da manhã  
Blogger Lizzie said...

Olarilolé, Capitão, que nun se me alembra de ber andorinhas perspegadas nas paredes, nun xenhor, eram mais ciroilas e sótians nas frentes das cajas e até se me ia esquexendo do galito de Barxelos, axim capão pás galinhas, lá atráx maiz os coelhos e nozes cheias de pena que nun xomos de ber matar criaturas. E está bem alembrada a última xeia toda em prateado, axim em baixo-relevo, aquela do Leonardo em lata, cum moldura dórada cagente gosta de coixas a brilhar, dá-xe-les cum celharine do frasco amarelo e bermelho.
Tamen ma lembro que nun xabiam nada dos binte cincos de abriles a não xer das crianxinhas mortas nas praxas de tóros, lá pra lixboa, e que andaba tudo cumu no postal da Nnanna em poucas vergonhas que no tempo do Xalajar nun se via nada daquilo.
Mas ólhe, meu Capitão, que tinham atendimento perxonalijado e as couvilhas inté que eram boas, até xe lhe era prexijo catar as lagartas.

Continenxia, Capitão.

27/11/07 11:10 da manhã  
Blogger tolilo said...

Qual é mais bonito?


Eu,
o Tolilo?

ou é

o Menino da Lágrima Rolante?

27/11/07 7:48 da tarde  
Blogger tolilo said...

Qual é mais bonito?


Eu,
o Tolilo?

ou é

o Menino da Lágrima Rolante?

27/11/07 7:48 da tarde  
Blogger Curiosa said...

Yessssssssssssssssssss!!!

Back Back Back!!!!!!!!!!

;)))))

28/11/07 12:11 da manhã  
Blogger pinky said...

and next? risos e sorrisos?
queremos animaçãooooooooooo, cores garridas e música estridente para lutar contra a neura da escuridão outonal!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
pleaseeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee
a happy post...
pleaseeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee

28/11/07 12:33 da manhã  
Anonymous Anónimo said...

ALTO!
Capitão iglú! ja venho aqui a comentar esta... esta "coisa", só vou um segundo ali abaixo...

28/11/07 12:33 da tarde  
Blogger anónimo said...

Tenho aqui vindo exactamente nas mesmas circunstâncias que todos os outros. O meu sentido de humor, ou não, é compreendido, ou não, exactamente como o de todos os outros. Ponho-o aqui, ou simplesmente digo baboseiras,como todos os outros. e dou a MINHA opinião como todos os outros.

Venho aqui NA MESMA ESCURIDÃO ANÓNIMA DE TODOS OS OUTROS, que se não forem todos do MESMO CLÃ, são tão anónimos como eu. Tristes dos que não tiveram a capacidade de perceber que tenho um blog e com ele aqui venho, exactamente como eles.
Quando no post anterior comentei, até empregando um palavrão, o que não é usual em mim, mas que já aqui tenho visto empregue várias vezes sem que alguém parecesse ficar chocado, esse meu comentário foi feito com o MEU humor e, agora é consigo Haddock, julgo que isso não foi compreendido. Só quero pedir desculpa pelo palavrão empregue.
Tenciono, mesmo que cá volte, não comentar, o que não quer dizer que não mude de ideia. Não tanto por si, que tem um excelente blog, (mas também), mais por alguns comentadores que ainda não compreenderam que estão exactamente ao nível de qualquer um anónimo azul. Ou nem tanto.
Adeus

Fim do melodrama

Pontuação:

- a evitar
. mau
.. com interesse
... bom
.... muito bom
..... excelente, a não perder (como o SONO)


Falsamente protegidos pela nossa fraqueza. Tristes dos que apunhalam pelas costas. Nem assassinos dignos conseguem ser.

28/11/07 12:56 da tarde  
Blogger anónimo said...

Este comentário foi removido pelo autor.

28/11/07 12:56 da tarde  
Blogger anónimo said...

Este comentário foi removido pelo autor.

28/11/07 1:02 da tarde  
Blogger Anous Nimous said...

Anota ai Manél-d!
(caminhar de um lado a outro!)
...Querido Capitão Iglú, Excelso Comandante das Impressionantes Muralhas das Águas das Pedras etc. etc. etc.
...
...é com profunda preocupação que lhe rabisco esta missiva(ponto aparte).
O assunto que tenciono aqui expremer é(vírgula) por todo o mais(vírgula) muito delicado já que versa sobre estes picos
.-(BLF! Blf?)
.-sim Manéld podes colocar "aspes" nos picos! ...estes "picos" de extravagancia que vossa excelência tem vindo a postar neste seu muito requintado e visitado molhe(ponto aparte)
...Não bastava ter no seu encalço o firme protesto das "Mães de Bragança" (Manél-d tira as aspes às Mães de Bragança senão ainda levam isso a mal! Elas são muito sensívles!)... pelo seu continuo falar aqui de cabaretes e meninas em lingerie(vírgula) de vida núbia(vírgula)...
...dá cá a folha! Deixa ler...na.na.na..na..na! ok!... continua a escrever!
...não bastava essas atmosferas bohemias(com “H” manéld) quando vocemecê começou aqui a descambar com fotonovelas a preto e branco conseguindo de maneira magistral calmar o tumulto das ditas Mães!(pode ser com aspes) “Mães”!
...Devo dizer(virgula) que quando entrei aqui no estaminé tive de olhar DUAS VEZES(destaca-me isso) para ver se não estava num outro blogue dos chineses dos trezentos!!!... ...a primeira coisa que me veio à cabeça foi que sua excelência tinha virado “Elton John”(virgula) violenta personagem que colecciona coisas Kitchs!(com aspes manéld porque de certeza que isso tá mal escrito!)...
...Mas dado a originalidade da história do pintor madriles(aspes manéld!) “madriles” acabei por continuar a dar a si meu voto oportuno de confiança!
Atentamente, Anous Nimous bla bla bla!!!
...dá cá a folha!...na.na.na..na..na! muito bem!
Manda isto já por “faz”!

28/11/07 1:20 da tarde  
Blogger Madame Maigret said...

hum... hum...hum...
est-ce que je suis entrée em mauvaise alture?!...
ah bon,o que eu queria dizer é que lá em casa tinhamos mais umas aguarelas com vistas da Alsácia. Este seu bairro é mt animado.Dá gosto cá vir nestas manhãs sem nada para fazer...Gosto mesmo.mes hommages, capitaine.

28/11/07 1:29 da tarde  
Anonymous Anónimo said...

terão os anónimos pretinhos apunhalado o desventurado anónimo azulinho, mesmo sem ele se dar conta??? mesmo estando eles ausentes deste tasco faz tempo???... a madame maigret é que podia entrar em cena e tratar de descobrir... qual agatha christie de bigode...

que quadro supimpa!!! eu tinha um!!! incrivelmente ardeu!!!

28/11/07 2:02 da tarde  
Blogger pinky said...

já custa vir aqui e enfrentar essas caras chorosas| pleaseeeeeee capitão pleaseeeeee

28/11/07 2:15 da tarde  
Blogger 1entre1000's said...

(banhada em lágrimas)... mas não das do menino... lágrimas de riso com a missiva do anus , manel-d e companhia limitada...
são grandes pa, são mesmo grandes!

28/11/07 3:30 da tarde  
Blogger Haddock said...

estamos tão cansados... tão cansados...


nnannarella, ornella vanoni? olhai a trabalheira que nos daides, que até tivémos de ir à wikipédia conhecer a musa. quem sabe um dia não a tubâmusia para alegria dos fregueses!!

lizzie, está bem lembrada a última ceia, sim. havíeis de ter vódes participado na que fizémos aqui no sono. e não, nada teve de bacanal, que isto é estabelecimento sério, onde nunca se expôs as vergonhas...
e apreciámos imenso o pitoresco das ciroilas e dos sótians...

tolilo, a branca de neve!!

curiosa, esse back, back, back é para durar??? só assim levas com os foguetes!!!

pinky, pahhh... andamos cansaditos e desanimados. até tínhamos uma ideia piadética mas perdemo-la...

anónimo azul... não te apagámos, pois não?
vê se entendes: por aqui trocam-se muitos galhardetes. faz parte da piada.
mas normalmente essa intercâmbio mimosal é entre pessoas que se "conhecem" e que sabem que o registo é de brincadeira. e alinham também.
o teu registo não foi de brincadeira... não foi.
e não é pelos palavrões, que só censuramos quando degeneram em obscenidades. agora, se forem proferidos e dirigidos à laia de insulto ou de insinuação insultuosa, se preferires, são. e venham de quem vierem!!
é que não tecemos juízos de valor sobre os fregueses e nunca - podes ir ao histórico... - consentimos calados que outros o fizessem.
basta respeitar isso. é tão simples...

anous, acabadinhos de ler o "faz"..
e.. e... estupefactos!!!
VIRADO ELTON JOHN? blogue dos chineses dos 300???? CHIÇA PENICO!!
não tarda, contrato-te a ti e ao manél-d para pendurares postais por aqui, qual "manifesto do 1/2 quartilho"!! ai contrato, que tens um piadão digno de dor abdominal!!

madame maigret, gratos por vossa visita. mauvaise alture... bien iste porr ici marche un petit peut exalté, oui, mais de fois en quande dejà est habituelle descamber.... heureux de vous amuser pour les manhains.

caro anónimo, sim já estranhávamos a tua ausência. não, não te metas com o anónimo azul, que já basta de tensões cromáticas.

milu, é um fenómeno circense!!! aquele circus ordinalis deve meter o outro no chinelo!!

a&b!

28/11/07 5:48 da tarde  
Blogger Bandida said...

caríssimo capitão

ausentei-me para as termas para tratar do reumatismo e deparo-me com uma caixa apinhadinha de esmolas e de boa disposição. ou será confusão? ou não? ai que aflição, meu capitão!!...

:))

28/11/07 5:58 da tarde  
Blogger Bandida said...

...e perante Vós me curvo para lhe beijar a mão!


B.

28/11/07 5:59 da tarde  
Blogger Bandida said...

eu disse "lhe"? ai, capitão... Vos beijar a mão...


B.

28/11/07 6:00 da tarde  
Blogger burro said...

isto por aqui anda um bocado em brasa. será da maldição?

28/11/07 6:52 da tarde  
Blogger Frioleiras said...

lido e relido
tudo
do princípio ao fim..... (do post aos comentários...)

adoro kitsch
(ceias, menino da lágrima, naperons em cima de TVs, flores de plástico, ferros de engomar antigos mas redecorados com flores douradas, chinelos com luzinhas de natal, andorinhas nas varandas ou chapéus mexicanos- tb nas varandas - naperons de algodão grosso nas cozinhas , azulejos na entradinha das casas com versinhos populares, fotog. da Céuzinha, da Rainha Santa etc etc)
mas...
odeio pirosadas ........
é assim!

E tu Haddock?
gostas de pirosadas?
cheira-me que tb não tens paciência para elas, para anónimos azuis (mal empregue cor azul...), anónimos pretos...

não gosto nada de anónimos, graffitis e coisas quejandas !

28/11/07 7:37 da tarde  
Blogger Gi said...

entre o que escreves e o que escreveram não sei onde me diverti mais :)
~~um beijinho

28/11/07 7:40 da tarde  
Blogger Frioleiras said...

Meninas/os,
O Triliti regressoU!!!!!!!!!!!

28/11/07 7:42 da tarde  
Blogger 100 remos said...

Apresenta-se nesta caixa a menina de lagrimita fácil. Snif,snif! Presente! Mesmo a tempo de um novo post do Capitão, não? Palpita-me que este menino da lágrima rolante deve mijar pouco!

28/11/07 8:05 da tarde  
Blogger Haddock said...

boas!!

bandida, termas por causa do reumatismo?? nahhh... e respondendo à tua pergunta, será mais confusão!! cansa-nos... mas já lemos fregueses divertidos. valha-nos isso! e podes tratar-nos por vodes à vontade!!

burro, agora que lembras...

frioleiras, gosto de tudo, galo de barcelo incluído, só não me venham com as andorinhas. de anónimos já sabes, gosto. e não gosto e depois gosto. depende só deles.

.... QUÊ, O TRILITI VOLTOU???

cemremos, nem mais. temos postal novo sua choramingas! (ou então bebia muita água...).

a&b!

28/11/07 8:17 da tarde  
Blogger Haddock said...

gi, desculpa, "saltei-te"...

isto é uma freguesia de gabarito!!
sem dúvida, as esmolas...

28/11/07 8:49 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home