sexta-feira, março 31, 2006

não abre.

maría diz:
não abre

ivan diz:
que ´que nao abre?

maría diz:
não
maría diz:
o site do governo
maría diz:
sabes o que é
maría diz:
os funcionários publico chegaram todos ao mesmo tempo depois de terem ido tomar a meia de leite
ivan diz:
ehehee

maría diz:
a sério que só pode ser isso
maría diz:
ligaram-se todos ao mesmo tempo
maría diz:
tenta acompanhar o exercício visualmente
ivan diz:
ehehhehehe
ivan diz:
eu acompanho tudo com imagens mentais

maría diz:
pousa a chávena, adeus D. não sei quantas, senta-se, puxa a mesinha do teclado por baixo da secretária, abre a internet, vai aos favoritos e GOVERNO FILHO DA PUTA.
ivan diz:
as vezes acho que devia ser realizador de videoclips
maría diz:
agora multiplicar isto por não sei quantos


ivan diz:
todos a entrarem nas suas casotinhas
ivan diz:
ligar o pc

maría diz:
isso
maría diz:
podemos fazer isto até num cenário muito frank loyd wright
ivan diz:
pegar num lápis da staedtler
ivan diz:
bater com ele no tampo da mesa com a mão esquerda enquanto pegam no rato e abrem o "governo filho da puta"

maría diz:
ehehehe
ivan diz:
depois começar a roer a ponta vermelha do lápis

maría diz:
e o grand finale qual será?
maría diz:
sim
ivan diz:
ajeitam os óculos com a unhaca

maría diz:
porque quando abrem dão-se conta
maría diz:
que podem ir para a rua
ivan diz:
o grande final
ivan diz:
é ele a começar a coçar o esquerdo, levemente recostado na cadeira

maría diz:
eheheeh
maría diz:
e naõ fazer nenhum?
van diz:
e de repente ler a reestruturação
ivan diz:
para de coçar
ivan diz:
tenta começar a mexer na papelada
ivan diz:
montes de papeis
ivan diz:
mas como já não trabalha há mais de 15 anos, já não sabe como é que isso se faz
ivan diz:
entra em pánico
maría diz:
LOL
ivan diz:
e mija-se pela perna abaixo
maría diz:
estou a ter um ataque de riso
maría diz:
oh não
maría diz:
isso não..
maría diz:
tem que ser qq coisa mais elaborada..
ivan diz:
os colegas todos a olhar
maría diz:
pá vou copiar esta conversa
ivan diz:
close up dos olhos de pânico
ivan diz:
são cinzentos
ivan diz:
atrás de uns óculos de armação dourada

maría diz:
pá, sou contra ele fazer xixi pelas pernas
ivan diz:
e lentes já baças
ivan diz:
okei
maría diz:
sim
ivan diz:
tira a linha do fazer xixi nas pernas

maría diz:
espera..

ivan diz:
desaperta a gravata azul com riscas brancas
ivan diz:
transpira
ivan diz:
vêm-se as gotas de suor a passar no pescoço gordo e balofo

maría diz:
isso isso
maría diz:

ivan diz:
os colegas já a passarem-se com ele
ivan diz:
gagueja...


ivan diz:
e cai po chão com um colapso

maría diz:
agora é o final
maría diz:
ele tem que dizer qq coisa lapidar
ivan diz:
close up do colega do lado
ivan diz:
e ouve-se o colega a pensar para ele próprio:
maría diz:
menos um, mais hipoteses tenho de ficar
maría diz:
eheheh
ivan diz:
"UFA! menos um
ivan diz:
é isso
maría diz:
LOOOOOOOL
ivan diz:
pensamos o mesmo
maría diz:
estamos em sintonia
maría diz:
nós somos os irmãos cohen, os do matrix com nome terminado e ovsky

ivan diz:
temos o humor dos cohen
ivan diz:
e a inteligencia
ivan diz:
dos ovsky

maría diz:
vá, vamos dizer os dois
maría diz:
NÓS SOMOS OS MAIORES
maría diz:
diz!!!

diz!!!

ivan diz:
SOMOS OS MAIORES

quinta-feira, março 30, 2006

COM SIMPLEX LIMPEZA EXTRE


Em converse com o engenheire,
decidiu-se que havia que despachar o pessoal excedeiteire.


Pessoal,
tocai a marchar
tomai lá umas
All Star



E ai de quem se rebele
que são Jack Purcell!



quarta-feira, março 29, 2006

No deserto, com o Diabo...

0 - 3ª-Feira de Carnaval

1 - 4ª-Feira de Cinzas
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
32
33
34
35
36
37
38
39
40 - Domingo de Ramos


(41)
(42)
(43)
(44) - 5ª-Feira Santa
(45) - 6ª-Feira Santa
(46)


(47) - "RESSUSCITOU, RESSUSCITOU, ALELUIA, ALELUIA..."

(este post é da exclusiva responsabilidade de um pedido da gerência)

terça-feira, março 28, 2006

Páscoa Wishlist

Queridos Padrinhos,


Como sabem, sou um sujeito pragmático.
Aqui vai, então, a minha listinha de Páscoa.


1) Bibliografia




















2) Discografia



















3) Material informático





















Quando conseguirem comprar tudo, apitem que eu compro o ovo e passo aí, ok?


Com muito amor,

do afilhado querido,


Nic'lau


PS: Preferia o material informático em cueca de cor vermelha e modelo tanga.

segunda-feira, março 27, 2006

E agora, TIME OUT!!! (Ai, que tou a ter um ataque de nervos!!!) Esta é sobre religião...


Um dia, estive meia hora à procura de uma frase sobre religião que, há muito tempo, tinha lido num livro da Beauvoir.
Como não encontrei, vou pôr-me a inventar. Era mais ou menos assim:

vroom vroom
(pigarreio)


cof cof
(tossico)



#$#%%&»?$#"
(inspiração funda...)

Na infância, fui ensinada a acreditar em Deus e, durante muito tempo, acreditei. Um dia, quando me lembrei (tinha passado tanto tempo!), Deus era só uma memória vaga de uma ideia, perdida, lá em cima, entre as nuvens do céu. Tinha-se diluído com o tempo... Um dia, apaguei-a de vez.




(Nota: Este post não é sobre mim; é sobre religião... e, na verdade, sobre quase tudo... o tempo, esse implacável, snif... esse inclemente, chuif chuif... )


Grunf!
(suspiro profundo)


[É para atentar na dimensão religioso-psicotrópica da música... anos 60... ó tempo!]

joão pestana

"Mr. Sandman"

Mr. Sandman, bring me a dream
Make him the cutest that I've ever seen
Give him two lips like roses and clover
Then tell him that his lonesome nights are over

Sandman, I'm so alone
Don't have nobody to call my own
Please turn on your magic beams
Mr. Sandman, bring me a dream

Mr. Sandman, bring me a dream
Make him the cutest that I've ever seen
Give him the word that I'm not a rover
Then tell him that his lonesome nights are over

Sandman, I'm so alone
Don't have nobody to call my own
Please turn on your magic beams
Mr. Sandman, bring me a dream

Enter Sandman
Uh, yeah
Bring me a nightmare
Give him a pair of eyes with a frightening gleam
Give him a beer ad empty beer cans
And long wavy hair like Pat the Wolfman

Mr. Sandman, someone to dread
Someone who's creepy and after my head
So please turn on your magic beams
Mr. Sandman bring us
Please, please, please Mr. Sandman
Bring us a dream



quilha-te, ó paneleiro zóofilo

Corre preto!!!




De onde é isto??? É daqui!!!

Eu até ia comentar mas ia sair muita merda portanto achei melhor não... Ainda por cima em tempo de quaresma e tudo...

domingo, março 26, 2006

J.C.Monteiro

...quero que vocês se fodam.

Aos sábados: cinema, coisa calma...



Quantas pessoas novas somos capazes de ser (se é que alguma...)?


Um filme violento, do realizador de "Crash" e "eXistenZ",

com

MARIA BELLO


(39 aninhos da mais absoluta sensualidade)

e

Ashton Holmes
(referência especial)




HÁ QUE VER!

Look alive!!!

sábado, março 25, 2006

|PUBLICIDADE|


Há dias em que acordas com uma borbulha mesmo em cima do nariz.
Mas não descobres logo.

Tomas o pequeno-almoço, trabalhas um bocadinho, almoças, vais tomar cafézinho, regressas ao trabalho, falas ao telefone, vês o telejornal, jantas. Depois, sais para uma estucha de uma reunião. Aproveitas para ver o correio e pôr o lixo lá fora. Um dia habitual.

Depois da reunião, vais a um bar ter com os amigos. Sem grande convicção. Estás cansado e com sono. O bar não é familiar. Nem é o teu estilo de bar. Mas um teus dos amigos é músico, há uma jam session, o teu amigo vai tocar.

Chegas e sentas-te. Quem está a tocar, para já, é o dono do bar. Começas a ouvir a música. Brasileira. Tu detestas. Que frete! Levantas-te e vais ao quarto-de-banho. Passas pelo espelho e é então que vês: UMA BORBULHA MESMO EM CIMA DO NARIZ!!! Que seca! Só te faltava mais essa! Regressas, cabisbaixo, ao teu lugar.

Tentas concentrar-te na música. "Por toda a minha vida". Tom Jobim / Vinicius De Moraes. "...eu sei que eu vou-te amar. por toda a minha vida eu vou-te amar" - canta o dono do bar.

Amar?! Por toda a minha vida?! NÃO ESTÁS A ENTENDER NADA! Não só não estás a amar como, muito menos, por toda a tua vida!!! COMEÇAS A SENTIR O BORBULHAME A ALASTRAR POR TODO O LADO. Imaginas borbulhas a nascer na bochecha, no queixo, na testa e no ouvido. Não estás a sentir-te nada bem...

O empregado vem à mesa. Vês os outros pedirem qualquer coisa e pedes também. Uma cerveja.

O teu amigo músico levanta-se e vai tocar. A música torna-se mais diversificada. Primeiro, música popular portuguesa e galega. Depois, Jacques Brel, Paolo Conte, Leonard Cohen, Tom Waits e versões de coisas impensáveis como Michael Jackson, Suzanne Vega. Lou Reed com excertos de rap: Mind da Gap. Fado, por fim.

Pedes outra cerveja. Deslizas na cadeira. Estás a sentir-te ligeiramente melhor. Já falas com os outros. Comes uma tosta mista e batatas fritas. Estás, finalmente, a curtir a música. Que é EXCELENTE, por sinal! Outra cerveja para acompanhar.

A certa altura, percebes que já apagaste todas as borbulhas dos neurónios. Logicamente, as borbulhas despareceram da tua pele também. HEY, COMPAÑERO, UNA CERVEZA MÁS! Pegas no telemóvel e tiras fotografias.


RP

RP & G

Chimay Bleue


A noite correu mesmo bem!!!


Conclusão:


BORBULHAS...???

PEÇA CHIMAY BLEUE

Atchim...



Vaca
Camarão
Porco
Crocodilo
Tubarão
Polvo
Lula
Sardinha
Pescada
Cabrito
Atum
Chocolate
Sobremesa

Ok, desde que não voe... Ok?

sexta-feira, março 24, 2006

Teste da Carochinha # 1




De sábado para domingo, a hora avança sem que a tenhamos gozado.

Vão deixar de gozar alguma coisa ou gozar tudo com maior intensidade?

Deixem lá...

O verde e branco estará presente no Jamor para lutar contra o azul e branco...

(aviso à navegação, aka colombianos cocaínicos, lampiões marroquinos e capitães de água doce de banda desenhada viciados na bebida, o Sandes Man aqui, ainda vocês nem sabiam o que era um blog, já cá andava há uns tempos... Don't mess with me, ou melhor, até se metam comigo para despertar este blog de alguma eventual letargia, mas depois não se arrependam, ok?)

quinta-feira, março 23, 2006

Entrou no armário e não quer sair



O que é a cientologia?

O que se passa no armário?

O que é que isso interessa?



QUEM GOSTA DE TC?

Entre outras, são estas as perguntas a que ficamos habilitados a responder depois de ver o recente episódio da série South Park "Trapped in the closet".

O que acontece é que, muito provavelmente, o episódio nunca chegará a ser exibido. Ao que parece, a estrela de cinema internacional, universal e extra-universalmente conhecida Tom Cruise (aka Tommy Clown) não apreciou que o objecto do humor fosse a cientologia (seita de que é membro) e ameaçou a emissora com o cancelamento de toda a publicidade a "Missão Impossível 3" caso o episódio fosse para o ar. Tão-pouco deve ter gostado de se ver retratado como um moço inseguro e com distúrbios do foro sexual (que ele não é e não tem!!!) ou de se ver enfiado num armário com o John Travolta (a fazer o quê???) e ser exortado a sair pela ex, Nicole K (onde andará a Katie H???).

Mas o certo é que quem pode pode! A emissora acabou por cancelar a exibição do episódio. Por isso, um dos únicos sítios onde poderá ver o episódio é mesmo aqui.

O download demora algum tempo (é um verdadeiro episódio), mas vale a pena ver a caricatura do TC e a vox populi a repetir: "Tom Cruise trapped himself in the closet and he won't come out". Não podemos deixar de exclamar: OXALÁ *!!!


* Oxalá: acomodamento do árabe en sha allah ('se Deus quiser', 'assim Deus queira') à pronúncia portuguesa, continua a usar-se como expressão de desejo, embora se tenha apagado a consciência islamítica dessa exclamação.



Viv´


30 minutos??
O porco é o maior...
30 minutos!!!!
(ambiente messenger, amanhã à tarde)

Ele - olha, desculpa dizer-te isto assim de chofre mas acho que te vou bloquear no msn...

Ela - ???

Ele - posso estar a cometer uma tremenda injustiça mas não quero mais que comuniques comigo. Nem é que eu comunique contigo mas sim o inverso.

Ela - mas... mas... porquê...?

Ele - posso ser sincero?

Ela - deves...

Ele - não te conheço há muito tempo e foste tu que me adicionaste sabe-se lá porquê. Fizeste-me perguntas sobre mim e sobre o meu passado e respondi a tudo o que achava que tinha de responder...

Ela - mas só estava a tentar ajudar... ainda por cima estou a estudar psicologia e tudo...

Ele - esse é o principal problema. Usaste-me e analisaste-me como cobaia da net e se há coisas que não admito em relação a ninguém é o preconceito. Porque perguntas e perguntas sobre o meu passado e sobre a minha vida sentimental foi coisas que nunca mais acabavam...

Ela - mas só estava a tentar ajudar...

Ele - ajudar??? Perguntas tudo e mais alguma coisa e é só dizer "hum" e "pois"? E no fim dizes que sou assim e assado e é só chavões e clichés para todo o lado...

Ela - mas, mas...

Ele - e nem me deste direito a um divã ou rebuçadinhos...

Ela - só tenho pena de não ter gravado as conversas...

Ele - fraca psicóloga vais ser...

Ela - mas vais mesmo cortar comigo?

Ele - claro, não estou para te aturar... E ainda por cima nem tens janela com foto no msn...

Ela - é o meu pai que não me deixa instalar coisas quitadas no computador cá de casa...

Ele - então diz-lhe para não usar anti-vírus que também é pesado e quitado e não serve para nada... A menos que ele adore formatar o bicho mensalmente...

Ela - isso já está a ser escusado...

Ele - tens razão... adeus, tem uma boa vida e não penses que isto tudo é porque te mandei uma foto e tu não... já ninguém faz isso... e muito menos dizer "não és bonito mas isso não interessa".

Ela - (emoticon a chorar)

Ele - xau aí e vou ser feio para outro lado...

(block this person? yes... tau!)

quarta-feira, março 22, 2006

"Bring me a dream..."





Quem sou eu???







Não trago sonhos para ninguém nem adormeço crianças... E muito menos sou contra-herói de verdadeiros heróis, que os há cada vez menos no nosso mundo. Mas isso é para outro dia que não a seca da apresentação costumeira do costume.

Sou eu, Mr.Sandman, feito de areia porque sim, porque gostava de poder um dia contar todos os grãos de areia de todas as praias de todo o mundo. E quem sabe por aqui se consiga tal cruzada.



Entretanto...

EXIT: LIGHT!!!


(agradecimentos à administração pela inclusão no painel)

segunda-feira, março 20, 2006

On the road


A gerência sugere:



Ementa
Clique na imagem para aumentar (all sizes)



A gerência informa:


RF, New Mexico, 1956
(Imagem de livro para colorir evocando foto famosa de...?)


  • que este parque de estacionamento (ou cemitério dos carros?) acolheu mais um veículo, desta vez, se o nosso instinto não nos engana, um verdadeiro virtuoso do asfalto. A sua volta de apresentação está prevista para qualquer momento;
  • que esta vossa criada não vai poder estar por cá tanto como habitualmente, pois tem uma coisa para conduzir lá fora (e, para que não haja especulação, é uma coisa boa!). Ainda assim, irá estacionando por aqui sempre que a coisa deixar;
  • que, como é sabido, esta é uma gerência sui generis, que não se responsabiliza por nada;
  • que todos os apupos devem ser depositados higienicamente na janela de comentários.


Com os votos de uma condução entusiástica e viril para todos,


(Pel')A Gerência

MP


E o filme era...


Ascenseur pour l' échafaud

2005315213137529


com a banda sonora de

davis_miles_ascenseur_101b




GANHOU O UPS
que foi, aliás, ao que parece, o único concorrente
e receberá, naturalmente, o prémio que pediu: autostart back to false (pelo menos durante algum tempo...)



E BOLAS PARA AS 2.ªS FEIRAS!

domingo, março 19, 2006

Domingo (=ressacar, ressonar, ronronar)


PASSATEMPO # RECONHEÇA / ADIVINHE / INVENTE O FILME
(ou diga qualquer coisinha sobre cinema /música / bd / jardinagem / puericultura / agricultura / cirurgia estética / pilates / futurismo, etc.)


Hoje vou rever um filme que começa assim:

Um homem assassina o seu patrão com a ajuda da mulher dele, que é sua amante. Para tentar apagar um indício comprometedor, regressa ao local do crime e fica fechado no elevador...


O filme tem esta invasiva música
(N.B.: mesmo que não concorram ao passatempo é obrigatório ouvir a música)



e esta sublime Jeanne Moreau

R_467_Petit


(Soluções no próximo n.º da revista)


sábado, março 18, 2006

Relógios, sentenças, tempo, tempo, TEMPO


Hoje, quando o primeiro despertador tocou, nós pura e simplesmente não conseguíamos levantar-nos. A dificuldade em sair da cama é uma sensação familiar, mas hoje sentíamos mais do que isso: não tínhamos energia nenhuma. Chegámos mesmo a pôr a hipótese de nos deixar ficar... Num derradeiro esforço de reacção, lá nos lembrámos do compromisso às 8 horas, puxámos pelo nosso sentido de responsabilidade e levantámo-nos.

De pé, a sensação de fraqueza e sono acentuou-se. Arrastámo-nos penosamente para o quarto-de-banho e lavámos a cara com água fria, para ver se acordávamos. O sono dissipou-se um pouco. Mas a debilidade continuava. Pelas nossas contas tínhamos dormido quase 6 horas. Não era muito mas também não era assim tão pouco... "Devemos estar mesmo em má forma" - pensámos - Temos de ir fazer um check up ou qualquer coisa do género que isto não anda nada bem".

Voltámos ao quarto e abrimos a persiana. Escuridão completa lá fora, tudo deserto, chovia... O relógio que nos havia despertado marcava 7 horas. De repente ocorreu-nos: os outros despertadores ainda não tinham tocado! Ora, por mais que um se adiante, os outros, mais coisa menos coisa, sempre acabam por tocar...
Fomos verificar. Os outros relógios marcavam: 2 horas. Tínhamos dormido 45 minutos!!! Tínhamos acertado mal o relógio do primeiro depertador...

E agora, depois da água fria na cara, como é que iríamos voltar a dormir?










Ao final do dia, nada disso interessa.



Amanhã chove outra vez.
No domingo é dia do Pai!
(Hoje não há bonecagem)



WE LIVE AGAIN

sexta-feira, março 17, 2006

Mister Postman



mailman

Alguns dizem que os "CTT - Correios de Portugal, SA" são um serviço ineficiente. Nós não.

Alguns dizem que os "CTT - Correios de Portugal, SA" têm funcionários negligentes e desinteressados. Nós não.

Se vocês são alguns, deixem que vos persuadamos do contrário.


Ausentámo-nos por 6 semanas do nosso domicílio habitual.
Durante as primeiras 2 semanas, o carteiro depositou diariamente a nossa correspondência na nossa caixa postal.
Na 3.ª semana, o carteiro apercebeu-se que ninguém recolhia a nossa correspondência.
Na 4.ª semana, o carteiro reflectiu sobre o facto.
Na 5.ª semana, tratou de tomar as providências necessárias.

Na 6.ª semana, regressámos.
Não pudémos tomar banho de água quente porque não havia gás, não pudémos ver o canal sic notícias porque não havia tv cabo, não pudémos consultar os emails porque não havia sapo adsl... Todos os dispositivos pareciam tão estranhamente conluiados no propósito de não funcionar que considerámos uma sorte poder lavar a louça do jantar e ler um livro antes de dormir.

No dia seguinte, fomos esclarecer a situação.
Depois de alguns telefonemas mal-sucedidos a insultar a portgás, a tv cabo e a telepac, fomos instados a perceber a verdadeira causa da intrigante revolta dos electrodomésticos: o carteiro deixou de depositar a nossa correspondência na nossa caixa postal. Mas não a entregou nos serviços centrais, não, porque um carteiro também pensa!!! E este carteiro, em especial!!! "Se não recolhem a correspondência é porque já não moram aqui" - pensou ele. E todas as cartas e contas foram devolvidas à procedência com o adequado carimbo postal.

Rapidamente percebemos que se queríamos tomar banho de água quente, ver o canal sic notícias e consultar os emails não era aos "CTT - Correios de Portugal, SA" que tínhamos de nos dirigir.

Assim...
Se não aparecermos nos próximos tempos é porque andamos a tentar regularizar a nossa situação junto dos outros prestadores de serviços domiciliários: basicamente, a tentar convencê-los de que ainda moramos aqui. A rapidez ou demora do nosso regresso depende exclusivamente da diligência destes últimos.


Oh yes, wait a minute Mister Postman
(Wait)
Wait Mister Postman

Please Mister Postman, look and see
(Oh yeah)
If there's a letter in your bag for me
(Please, Please Mister Postman)

quarta-feira, março 15, 2006

Shooting stars explicado (versão sem metáforas ou outras figuras de estilo)


sara1009-1

Ultimamente não tenho andado a fazer nada de jeito.

Ontem achei que devia fazer uma coisa especial. Arranjei uma desculpa esfarrapada tipo vamos visitar o centro histórico da cidade, convidei um amigo e fomos até Melgaço. Durante a viagem, a conversa já permitia antecipar que a noite iria ser muito agradável. Era mesmo disso que eu precisava. Chegámos tarde e fomos directamente para o restaurante. Não vou, naturalmente, descrever os pormenores do repasto nem o que se lhe seguiu. Sobre a noite passada em Melgaço só posso dizer que:

Se umas vezes os dias correm bem, outras vezes são as noites que nos animam a vida.

É claro que a visita ao centro histórico foi ao ar. Não é que a cidade fosse feia, mas ninguém tinha ido ali propriamente para isso...


Que tal?
Gostam mais assim?


Shooting stars


lidao_home

Ultimamente tenho andado
  • a pensar sobre o tempo (às vezes passa depressa, outras vezes devagar, não se percebe...)
  • a ouvir indie e blog-rock (onde se encaixam os clap your hands say yeah, afinal?)

Ontem, achei que devia variar. É claro que o pretexto foi a recolha de material para o repertório, mas o certo é que meti o pé à estrada e fui até lá acima. Na viagem vi uma lebre a saltitar e (juro que vi!) uma estrela cadente. Naturalmente, pedi o meu desejo. Cheguei tarde, o que não teve importância nenhuma, porque a cidade era muito feia. Quanto à noite lá passada só posso dizer uma coisa:

Se umas vezes o sol brilha, outras vezes a lua está cheia.


Evidententemente, material para o repertório, não recolhi nenhum.


segunda-feira, março 13, 2006

A gerência adverte...


escape

Tendo verificado que o post do passado domingo, intitulado "Neste domingo, tão triste...", causou compungente dessassossego e enternecedora preocupação entre os frequentadores desta espelunca, a gerência vem esclarecer que o referido post era uma encenação, destinada a criar um momento de humor. Pelos vistos, a coisa foi mal sucedida. Se alguns se sentem ludibriados, lamentamos muito e pedimos as vossas desculpas. (Mas também, quem é que escreveria "solidão" em rosa-choque ou ouviria Nelson Ned estando deprimido? Além disso, e para que conste, nem o Nelson Ned faz parte das nossas preferências musicais nem o rosa é das nossas cores favoritas....)

happy sun

Mais informamos que ESTAMOS DE MUITO BOM HUMOR E CHEIOS DE PULSÕES DE VIDA, QUE CHEGOU A PRIMAVERA, OS DIAS ESTÃO AMENOS, O SOL BRILHA E, POR ENQUANTO, SOMOS FELIZES. Queremos agradecer, por fim, a caixa de mails atafulhada de manifestações de solidariedade e os muitos amigos que se disponibilizaram para nos fazer companhia. Tal não cairá em saco roto: a seu tempo, haveremos de cobrar as promessas de cafés e cigarros, de fins de semana nas pousadas de Portugal e de garrafas de whisky.

Por último, e para uma coisa completamente diferente, gostaríamos de lembrar que esta espelunca é uma espelunca colectiva ou, como alguém lhe chamou, um "verdadeiro parque de estacionamento". Acolhe, de momento, 5 pessoas e pondera a possibilidade de acolher outros sem-abrigo. Rege-se pelos valores fundamentais da pluralidade, da democracia e da liberdade. Isto significa que cada um é responsável pelos seus posts e pelas discussões temáticas a que eles dêem origem e que esta gerência, diversamente das outras gerências, não tem nada a ver com isso. A gerência deixa, porém, os comentários em aberto, porque se considera no dever de encaixar as críticas e todos os ovos podres que entendam por bem arremessar-lhe.

Depois desta interrupção, resta-nos agradecer a atenção e a amizade dispensadas e deixar as coisas seguirem o seu curso natural, o que, com o post abaixo, está, de alguma forma, garantido.

Pela gerência

MP


(Gerência à parte, BEIJOS A TODOS!)

A natureza continua...





















NATUREZA VIVA: VOTE 1
NATUREZA-MORTA: VOTE 2
NATUREZA RIJA: VOTE 3
NATUREZA MOLE: VOTE 4
OUTRA: VOTE 5


Justifique a sua resposta, sff.

Adivinhas, concursos e charadas (soluções)

Obrigada, Amigos, pelo vosso incomensurável afecto.

E agora vamos ao que interessa, que já recebi reclamações pela demora.

jun21sartre modifmario mod.ivan mod

O que é que estas pessoas têm em comum?

Essa é fácil! - pensaram vocês - Os 3 gajos são invocados / evocados nos posts abaixo.
(Sim, "marocas" era a resposta certa à adivinha do Haddock)
Pois, é verdade - dizemos nós - Mas essa resposta não seria surpreendente.
(Nós bem avisámos para não se deixarem enrolar...)

Então, já sabemos! - pensaram vocês - Os 3 gajos são todos de baixa estatura.
Pois, é verdade - retorquimos nós - Mas isso não se vê na foto, seria desleal.

O que se vê na foto (e tá na cara) e vocês não disseram é, sim:

110445867_78f6d2ede9_t110446906_2c29e6a62f_t110450312_6e7bb19f36_t

ORAL PHASE
[noun] (psychoanalysis) the first sexual and social stage of an infant's development; the mouth is the focus of the libido and satisfaction comes from suckling and chewing and biting
in: elook.org/dictionary

Ele é cachimbos, cigarros e, quando há mais nada à mão, a própria língua...
(Como diria um amigo meu, de idade avançada: Miséééééria!)

Quanto ao concurso do Wannadoit, bem... a resposta certa era 4 (outra) e depois só mudar uma das palavras da resposta certa do concurso anterior...

Ah e... ninguém acertou! Mas pronto, foram dizendo coisas interessantes sobre assuntos vários...

domingo, março 12, 2006

Neste domingo, tão triste...


1119019329

Palavras para quê?

Sei que você vai-me entender...

Neste domingo, eu só queria partilhar esta canção com você...

Por favor, escute com carinho...


Free Hosting at FLURL.com

sábado, março 11, 2006

Natureza










NATUREZA VIVA: VOTE 1
NATUREZA-MORTA: VOTE 2
NATUREZA HUMANA: VOTE 3
OUTRA: VOTE 4


Justifique a sua resposta, sff.


sexta-feira, março 10, 2006

Os altos e baixos da semana


mario mod.ivan modjun21sartre modif

O que é que estas pessoas têm em comum?

Para perceber leia os 3 posts por aí abaixo.

Entretenha-se com qualquer coisinha!
Mas não se deixe enrolar.
Resposta (surpreendente!) lá para 2.ª feira.


Aditamento
O pessoal perguntou e eu respondo: o fim de semana é sempre um dia de sexo e eu não quero ser importunada nem um segundo (não vá a coisa correr mesmo muito bem); por isso todos os comentários e respostas devem ser entregues num dos referidos 3 posts infra. Um fim de semana resplandescente para vocês também!

sartre

O filósofo. Podemos dizer que não jogava com o baralho todo. afinal de contas, era um sujeito que dizia que tinha orgasmos mentais apenas por conversar com a "sua" simone na cama. (porra! com tanta coisa para se fazer numa cama, ele ia para lá falar?!?!?).

ou seja... a tipa era frígida. mas eis que acontece uma reviravolta na sua vida! encontra, numa bôite de paris, outra simone. que era, nem mais nem menos, que a nossa simone de oliveira! foi paixão imediata. a expressão "quem faz um filho, fá-lo por gosto" ganha uma nova dimensão e um novo sentido! experimenta tudo aquilo que fantasiava desde os seus 17 anos, com consequências directas sobre a sua obra - toda a obra dele é resultado directo de masturbação excessiva, até à náusea.

mas jean paul, lentamente, começa a aperceber-se da sua real tendência: ora, se a simone de oliveira parece um homem, fala como um homem, comporta-se como um homem e diz frases tipo "obrigado por ser quem é" ou "faça o favor de ser feliz"... não seria ele gay?? era, sem sombra de dúvida. admitia-o perante o espelho, mas do armário apenas saíram dois pares de cuecas com cheiro a refogado... nada mais. perante o mundo, continuaria a ser um pensador que se masturbava 7 vezes ao dia, que viva com simone de beauvoir. em casa, era um gay que adorava a sua oliveirinha da serra.

e o mundo intelectual nunca mais foi o mesmo.

untitled

só para avisar que cheguei. a partir deste momento, não há sono para ninguém.


é a ALVORADA!!! tá a acordar, carago!

Compêndio das más maneiras


ADIVINHA: QUEM É O MALCRIADO?

  1. Expropriar sem indemnizar
  2. Não ser dono e hipotecar
  3. Passear para provocar
  4. Contratar o Júlio Pomar e não lhe pagar
  5. Ir lá para fora só para dormitar
  6. Não conseguir parar de falar (demais)
  7. Dizer que se vai embora e não despegar
  8. Não ter pudor em atraiçoar
  9. Achar-se (sempre) no direito de insultar
  10. Ser convidado para uma festa e não cumprimentar...

E com esta ajuda?
  • Calça 42, mede 1 m e 75 cms e pesa 86 kgs.
  • Fez recentemente um check up e está em plena forma (física).

E com esta?

presepio modif.1

quinta-feira, março 09, 2006

Ritos bélicos # 1 (MP vs Nico)

Para ver (alguns) cérebros masculinos clicar aqui.

A man's gotta do what a man's gotta do

E foi mesmo...
(check this out)

Novidades blogshop

E quando as gajas nos apanham em falso, não vale a pena gaguejar nem fazer figura de parvo. Há que ir comprar a prenda, aparecer lá em casa e esperar pacientemente até que elas se cansem da tentativa. Depois, é só continuar a agir como é habitual.

O set existe em 7 cores diferentes, o que, mesmo nos casos de mulheres mais exigentes, permite, no mínimo, 6 reutilizações do produto com a mesma eficácia da 1.ª vez.

Ah! Muito importante! Só para prevenir, é conveniente comprar também o acessório do set: o fato completo de astronauta. Não vá a coisa correr mal...

quarta-feira, março 08, 2006

DESPORTOS VÁRIOS

Vamos à pesca no fim de semana?

Liverpool * Benfica... espero um "jogo de vaselina"

My favourite


papa please moon grew modif

O meu poema favorito é pequenino (que a memória não dá para tudo).
Ei-lo!

"Rua torta
Lua morta

Tua porta"


Cassiano Ricardo



O melhor e o pior da poesia é que um poema, por mais pequenino que seja, pode significar, ao mesmo tempo, A e o contrário de A... e quaisquer letras que estejam no meio. Se não vejamos:

  • será que, porque a rua era torta e a lua estava morta, calhou ele/ela ir bater àquela porta?
  • será que, por ele/ela ir bater àquela porta, a rua ficou torta e a lua foi morta?
  • será que, como a rua é torta e a lua está morta, nunca ninguém há-de abrir a porta?
  • será que, apesar de a rua ser torta e de a lua estar morta, ele/ela nunca vai largar-lhe o raio da porta?


Nota final: Há quem diga que as nossas coisas favoritas revelam a nossa personalidade. Se isto for verdade, então, por causa da rua torta, da lua morta e da tua porta, eu sou parecida com este senhor.

segunda-feira, março 06, 2006


Bolas! Por que é que inventam estes estereótipos
e os transmitem às criancinhas como se fosse verdade?
Ainda por cima, com o beneplácito do Fundo Social Europeu!


Por exemplo, a "bolinha" deste post é bem menos prolixa do que o "quadrado" que fez o post anterior...
E ISSO, NÃO CONTA???


E o filme era...


Ascenseur pour l' échafaud

2005315213137529

com a banda sonora de

davis_miles_ascenseur_101b




GANHOU O UPS
que foi, aliás, ao que parece, o único concorrente
e receberá, naturalmente, o prémio que pediu: autostart back to false (pelo menos durante algum tempo...)



E BOLAS PARA AS 2.ªS FEIRAS!

(IN)COERÊNCIAS DO MISTER CO ADRIAANSE

COERÊNCIA TÁCTICA
Nunca jogamos em 3-3-4, mas este é o sistema do mister CO
Questiona-se:
Temos mais produção ofensiva?
Rematamos mais?
Joga-se melhor?
Joga-se com mais velocidade?
O que significa termos mais jogadores no ataque (contra o Benfica chegamos a ter 5)?

COERÊNCIA NO DISCURSO
Após jogos determinantes tece afirmações deste género e desta qualidade:
Benfica - Porto: o Benfica foi melhor
Depois de nos terem roubado num jogo: Os árbitros portugueses são melhores que os holandeses
Motivantes sem dúvida….

COERÊNCIA NA ELIMINAÇÃO DE JOGADORES DE PESO
A forma como foi eliminado J. Costa é paradigmática. Basta ver que o nosso Aloísio aos 37 anos era ainda um senhor, que o nosso João Pinto corria mais que os 9 jogadores de campo aos 35 anos… Aliás, com o J. Costa ao lado do R. Carvalho (e quiçá ao lado do Pepe) não teríamos perdido nem empatado jogos relevantes.
O modo como foi eliminado o Diego é sintomática: declarações do empresário (seu pai) levaram à sua exclusão dos convocados; exactamente na mesma semana, declarações do empresário do Helton, criticando a contenção verbal do Porto, não tiveram a mesma consequência. Porquê? Porque não interessa. O único a eliminar era o Diego.

COERÊNCIA NAS FOLGAS
Folga-se uma vez por semana, salvo nos tempos de selecção (aí a folga estende-se por vários dias) e na altura natalícia - e presumo que pascoal (estende-se por semanas). O que se compreende, pois o futebol é um jogo cansativo.

COERÊNCIA DISCIPLINAR
Um exemplo elucidativo:
Porto – Benfica (Bruno Alves agride a pontapé Nuno Gomes e depois não satisfeito fá-lo à cabeçada: resultado final dois jogos de suspensão – o que foi pouco; no termo do castigo, já Bruno Alves se sentava no banco de suplentes – será que não queria lá pôr o J. Costa?)
Gaba-se depois de ter a equipa mais disciplinada do campeonato…

COERÊNCIA NAS SUBSTITUIÇÕES
Depois do novo 3-3-4, as substituições habituais são sempre estas: sai o Quaresma e o Ivanildo entra o Alan e o Lisandro; estejamos a ganhar, a perder ou empatados.

COERÊNCIA NOS CANTOS E NOS LIVRES DIRECTOS
Para além de quase todos mal marcados, o último golo de canto aconteceu no jogo Naval – Porto, e o único golo de livre foi da autoria de Quaresma, com tabela num jogador do Boavista (não esquecendo o golo do H. Almeida, esse portento futebolístico, no Inter – Porto).
Acresce que nem perigo existe em nenhuma das situações assinaladas.
Trabalho de casa não se vislumbra.

COERÊNCIA SANCIONATÓRIA
Sempre que um jogador falha é apontado a dedo em público. Ver os casos de Raúl Meireles, em Milão, e de Vítor Baía, este com a exclusão imediata.

COERÊNCIA NAS ESCOLHAS
Erros de casting foram vários:
Desde a escolha inicial do Hélder Postiga como nº 10, passando pela falta de visão (para não dizer cegueira) ao não perceber (quase até meio da época) que tinhamos um jogador fantástico como é o caso do Paulo Assunção, e ao manter jogos a fio o Jorginho, grande amigo dos adversários…

COERÊNCIA NA ESCOLHA DOS NÚMEROS DAS CAMISOLAS DOS JOGADORES
1) Só dois jogadores mantiveram o número que pretendiam (2 e 99). Esses dois jogadores foram já liminarmente eliminados: J. Costa pelo factor idade, conjugado com o elemento falta de velocidade; V. Baía pela idade e por se ter exibido de forma inconstante. Interessante verificar que os que puderam escolher já “eram”.
2) Os outros jogadores, cujo números foram apontados e indicados pelo CO, já inúmeras vezes jogaram fora das suas posições habituais. Aliás, não consigo mesmo perceber se há, para o CO posições típicas, como ele se refere (o 7, o 11, o 9). A liberdade retirada aos jogadores na escolha dos números significa elevar ao limite o factor “empatia” com o treinador

COERÊNCIA NA ESCOLHA DO CAPITÃO
1) Afastamento do capitão J. Costa
2) Afastamento do capitão V. Baía, pois um guarda-redes não pode ser capitão.
3) Resultado final: já tivemos inúmeros capitães esta época. Assinalo as referências a Lucho e a Paulo Assunção, jogadores sem peso na equipa (estão no clube nem há um ano), jogadores que, ressalvo, muito aprecio.

COERÊNCIA NO MODO COMO PERDE OS DESAFIOS MAIS IMPORTANTES
Porto – Benfica (perdeu os dois jogos para o campeonato sem espinhas: já não perdíamos os 2 jogos desde 1976-1977; lembram-se?)
Porto – Sporting (empatou em casa e provavelmente perderá em Lisboa)
Porto – Inter Milão (vitória em casa, com dois golos na própria baliza dos jogadores do Inter, mas derrota decisiva em Milão, depois de ter estado a ganhar e só ter começado a derrocada após ter substituído Paulo Assunção e entrado Bruno Alves)
Porto – Glasgow (derrota em Glasgow: com 10 jogadores, a 10 minutos do fim, fomos para a frente para tentar ganhar; não houve instruções para segurar o jogo; em casa, foi o que se viu, sem atacante nos primeiros 45 minutos e depois de ter entrado um atacante na 2ª parte, período em que conseguimos o golo, decidiu defender a 10 minutos do fim)
Não coloco aqui o jogo com o Artmédia, em virtude de esta ser uma equipa banal (perdeu agora na 1ª mão da taça UEFA, em casa, com o Levski de Sofia)

COERÊNCIA REVOLUCIONÁRIA
Logo após duas derrotas modifica substancialmente a equipa e a sua estrutura: refiro-mo ao jogo com o Benfica (1ª volta) e ao jogo com o E. Amadora (2ª volta).

COERÊNCIA NA FORMA COMO SE DEIXA EMPATAR E PERDER, EM ESPECIAL NOS JOGOS DECISIVOS
Lembrar:
Porto – Braga (entrada de Bruno Alves para fazer penalti, com a correspondente saída do atacante)
Porto – Glasgow (a mesma situação)

COERÊNCIA NAS CONSEQUÊNCIAS RESULTANTES DA VISUALIZAÇÃO DIRECTA (OU SEJA PELO MISTER CO) DAS EQUIPAS ADVERSÁRIAS
O treinado foi ver jogar o Art Media e o Sporting.
Resultado final: Empatamos os dois jogos, sendo que com o primeiro fomos eliminados da Liga dos Campeões e da Taça UEFA (tudo ao mesmo tempo…), ao passo que com o júnior P. Bento (aprendiz actualmente no curso de treinadores onde Peseiro é professor) quase perdíamos em casa.